Notícias | Dia a dia
Sinner destaca 1º título e lamenta temporada difícil
27/11/2020 às 15h37

Milão (Itália) - Uma das principais revelações do circuito, o italiano Jannik Sinner fechou 2020 com a conquista de seu primeiro título no circuito, triunfando no ATP 250 de Sófia. Apesar de felicidade pela inédita taça, o tenista de 19 anos lamentou não ter conseguido se desenvolver o quanto poderia por causa de um ano tão conturbado como este que foi marcado pela pandemia.

“Foi muito especial para mim conquistar meu primeiro título profissional. Fiquei muito entusiasmado, sou humano e vivo as emoções mais por dentro do que por fora. Trabalhei muito durante todos esses meses para poder ganhar títulos. Foi uma alegria que eu finalmente levantei meu primeiro troféu”, disse Sinner em entrevista ao Corriere della Sera.

Leia também: Sinner elogia Nadal e diz que queria encarar Federer

Sinner começou a temporada na 78ª colocação e ganhou mais de 40 lugares ao decorrer de 2020, com suas 19 vitórias. “Foi uma temporada um tanto estranha para mim. Gostaria de ter disputado mais torneios, de aprender mais com cada jogo e com cada treino com o meu técnico”, observou o atual número 37 do mundo.

“Sou daqueles que pensam que nós tenistas aprendemos mais jogando do que em treinamento. Essa pandemia de coronavírus forçou o tênis a parar por meses”, acrescentou Sinner, que também fez questão de destacar a importância do treinador Riccardo Piatti em seu desenvolvimento como tenista.

“Piatti além de meu treinador é um grande amigo. Falamos de tênis o tempo todo. Durante o confinamento, estávamos ambos com seu filho Rocco e sua esposa Gaia assistindo a muitas partidas na televisão. Se eu considero Piatti como um segundo pai? Acho que pode ser”, afirmou o jovem italiano.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva