Notícias | Dia a dia
Menezes vence e terá duelo nacional nas quartas
26/11/2020 às 14h01

Menezes venceu o taiwanês Chun-Hsin Tseng, ex-líder do ranking juvenil

Foto: Marcello Zambrana/DGW

São Paulo (SP) - Em seu segundo compromisso no challenger de São Paulo, João Menezes venceu mais uma vez em sets diretos. Vindo de uma tranquila vitória sobre João Pedro Sorgi na primeira rodada, o mineiro de 23 anos e 204º do ranking venceu o taiwanês Chun-Hsin Tseng por duplo 6/3 em 1h32 de partida e chegou às quartas de final do torneio no Clube Hípico Santo Amaro.

Menezes tem agora oito vitórias em chaves principais de challenger na temporada. Ele repete outras duas campanhas até as quartas de final, já que também alcançou essa fase no piso duro de Dallas, ainda em fevereiro, e no saibro de Iasi, na Romênia, já no mês de setembro.

É certo que o tênis brasileiro terá um representante na semifinal. Isso porque Menezes enfrentará o paulista Matheus Pucinelli, jovem de 19 anos e 863º do ranking. Vindo do qualificatório, Pucinelli já venceu quatro jogos seguidos em São Paulo. Nesta quinta-feira, superou o gaúcho Orlando Luz por 6/4, 2/6 e 6/4. A campanha já está rendendo um salto de 258 posições.

Eliminado por Menezes nas oitavas, o taiwanês Chun-Hsin Tseng é ex-líder do ranking mundial juvenil e campeão de Roland Garros e Wimbledon na categoria em 2018. O jovem jogador de 19 anos ocupa atualmente o 280º lugar do ranking.

Menezes quebrou cinco vezes e teve 12 break points

Apesar de o andamento da partida ser bastante seguro para Menezes, que conseguiu cinco quebras de serviço e criou doze break points, o mineiro ainda correu alguns riscos em seu serviço. Exemplo disso é que ele teve que escapar de um 0-40 logo no primeiro game da partida. Ao longo do set inicial, Menezes abriu 3/1, cedeu o empate no sexto game, mas voltaria a quebrar na sequência.

O segundo set começou com uma troca de quebras e teve mais games longos. Quando perdia por 3/2, Menezes escapou de três break points antes de confirmar o serviço. No game seguinte, precisou de quatro chances para quebrar de novo e fazer 4/3. O mineiro, então encaixou um ótimo game de saque para fazer 5/3 e voltaria a quebrar o serviço do adversário para definir a vitória.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva