Notícias | Dia a dia
Bellucci recebe convite e volta a jogar em Campinas
25/11/2020 às 20h16

Bellucci se junta a Wild, Clezar e Menezes entre os brasileiros já garantidos na chave

Foto: Fotojump

Campinas (SP) – O paulista Thomaz Bellucci é o primeiro contemplado com um convite para disputar o Campeonato Internacional de Tênis, na Sociedade Hípica de Campinas. Atual número 5 do país no ranking mundial, Bellucci se junta aos compatriotas Thiago Wild, João Menezes e Guilherme Clezar na chave principal do torneio mais tradicional do Brasil, que completa 10 anos nesta temporada.

“Eu agradeço muito o convite da organização, do Instituto Sports. Ter a oportunidade de jogar mais um torneio no Brasil é especial e, além disso, gosto de jogar em Campinas, perto de casa, onde já tive partidas muito legais”, lembrou Bellucci, ex-número 21 do mundo.

O tenista de 32 anos jogou o ATP Challenger de Campinas em 2018 e 2019, tendo alcançado as quartas de final em ambas as ocasiões. “A presença do Thomaz em Campinas engrandece ainda mais o nosso torneio e o país ganha mais um forte representante na chave. Por toda a sua dedicação em seguir buscando a recuperação no circuito e por tudo o que ele representa para o tênis brasileiro, sem dúvida merece este primeiro wild card”, explica Danilo Marcelino, diretor do torneio.

Os dois convites restantes para a 10ª edição do Campeonato Internacional de Tênis serão anunciados nos próximos dias. A disputa do qualifying acontece neste final de semana, com 16 jogadores lutando por quatro vagas na chave principal. A briga pelo título e por 80 pontos no ranking mundial terá início na segunda-feira, dia 30. Inicialmente inscrito no torneio, o cearense Thiago Monteiro optou por encerrar a temporada nesta semana e não jogará no interior de São Paulo.

QUADRO DE CAMPEÕES – ATP CHALLENGER DE CAMPINAS

2019: Juan Pablo Varillas (PER)
2018: Christian Garin (CHI)
2017: Gastão Elias (POR)
2016: Facundo Bagnis (ARG)
2015: Facundo Arguello (ARG)
2014: Diego Schwartzman (ARG)
2013: Guilherme Clezar (BRA)
2012: Guido Pella (ARG)
2011: Maximo Gonzalez (ARG)

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva