Notícias | Dia a dia
Monteiro cai nas oitavas em SP e encerra temporada
25/11/2020 às 15h39

Monteiro está inscrito para o challenger de Campinas, mas já disse que o torneio da capital é seu último do ano

Foto: Marcello Zambrana/DGW

São Paulo (SP) - Chegou ao fim nesta quarta-feira a temporada de Thiago Monteiro. O número 1 do Brasil e 84º do ranking foi eliminado nas oitavas de final do challenger de São Paulo, superado pelo francês Maxime Janvier, 211º do ranking, com parciais de 7/6(5), 6/7(4) e 6/4 em 2h51 de partida.

Em 2020, Monteiro conseguiu oito vitórias em chaves principais de ATP e venceu mais 12 partidas em torneios de nível challenger. Nesse circuito intermediário, foi campeão em Punta del Este e vice no saibro italiano de Forli. Além disso, o cearense de 26 anos também conseguiu seu melhor resultado da carreira em Grand Slam, ao alcançar a terceira rodada de Roland Garros.

A eliminação precoce em São Paulo foi a terceira seguida para Monteiro nas oitavas de final de um torneio, repetindo o que havia acontecido nos torneios de Cary e Orlando, nos Estados Unidos, nas últimas semanas. Apesar de seu nome ainda aparecer na lista de inscritos para o challenger de Campinas, que acontece na semana que vem, Monteiro afirmou na última terça-feira que o evento na capital paulista seria seu último na temporada.

Algoz de Monteiro no torneio, Janvier enfrenta outro brasileiro nas quartas de final. Ele é o próximo adversário do paulista Pedro Sakamoto, jogador de 27 anos e 308º do ranking, em confronto inédito no circuito.

Os dois tenistas fizeram o mesmo número de pontos

O equilíbrio na partida desta quarta-feira foi tão grande que os dois tenistas terminaram o jogo com o mesmo número de pontos, 114 no total. Janvier, de 24 anos, conseguiu três quebras de serviço em nove break points, enquanto Monteiro criou quatro oportunidades de quebra e aproveitou apenas duas.

A partida não começou boa para o canhoto de Fortaleza, que teve seu serviço quebrado ainda no início e viu o francês vencer três games seguidos para fazer 4/1. Monteiro conseguiu devolver a quebra no sétimo game e buscar o empate logo na sequência, mas o francês prevaleceu no tiebreak.

O segundo set foi inteiramente sem quebras, e com apenas um break point para cada lado. Monteiro foi bem nas devoluções durante o novo tiebreak e venceu cinco pontos no saque do adversário. No set decisivo, Monteiro teve seu segundo saque bastante pressionado e fez só quatro pontos em doze nessas condições. Com isso, teve que encarar seis break points em três games distintos. Janvier liderou por 4/2, cedeu o empate, mas voltaria a quebrar no último game da partida.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp