Notícias | Dia a dia
Sakamoto bate argentino e também chega às quartas
25/11/2020 às 13h53

Campanha até as quartas de final do challenger rende 15 pontos na ATP

Foto: Marcello Zambrana/DGW

São Paulo (SP) - Pouco depois de Felipe Meligeni ser o primeiro brasileiro a garantir vaga nas quartas de final do challenger de São Paulo, outro brasileiro avançou na competição. O paulista de 27 anos Pedro Sakamoto venceu o duelo com o argentino Juan Pablo Ficovich, número 205 do mundo e cabeça 8 do torneio, com o placar de 7/6 (7-4) e 7/5 em 2h20 de partida.

Sakamoto é o atual 308º do ranking e tem como melhor marca da carreira o 275º lugar, alcançado em fevereiro deste ano. O paulista de Guarulhos tem agora 30 vitórias em nível challenger na carreira, sendo sete delas na atual temporada. A campanha até as quartas rende 15 pontos na ATP.

Existe a chance de um duelo nacional nas quartas. Sakamoto espera pelo vencedor da partida entre o número 1 do país Thiago Monteiro e o francês Maxime Janvier. O paulista perdeu os dois duelos anteriores que fez contra Monteiro, enquanto um eventual duelo com Janvier seria inédito no circuito.

Partida teve onze quebras de serviço

O início de partida foi bom para Sakamoto, que conseguiu duas quebras e venceu quatro games seguidos para abrir 4/1. Mas o paulista teve dois games de saque muito ruins, vencendo dois pontos em oito possíveis, e não aproveitou outras três chances de quebra, permitindo o empate por 4/4. Sakamoto ainda salvou um set point no saque, quando perdia por 6/5, mas dominou o tiebreak para vencer a parcial.

O segundo set começou com uma sequência de quatro quebras seguidas até o empate por 2/2. A instabilidade dos sacadores continuava. Tanto que dos oito primeiros games da parcial, seis deles tiveram quebras de serviço. Depois disso, Sakamoto confirmou dois games longos no serviço e conseguiu sua sexta quebra na partida para vencer o jogo.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva