Notícias | Dia a dia
Courier: 'Surpreso se Federer não fizer semi em Slam'
23/11/2020 às 15h17

Nova York (EUA) - As especulações sobre a condição do suíço Roger Federer quando este fizer se retorno ao circuito em 2021, depois de perder praticamente toda a temporada de 2020, jogando apenas o Australian Open deste ano, ganharam um capítulo a mais com a opinião do norte-americano Jim Courier.

O ex-número 1 do mundo e dono de quatro títulos de Grand Slam acredita que o tenista da Basileia será competitivo em seu retorno. “Ficaria realmente surpreendido se Federer não fizesse semifinais em um Grand Slam, caso esteja saudável”, disse o norte-americano em conversa com o Tennis Channel.

+ Edberg acredita que Federer será competitivo na volta
+ 'Volta de Roger não será como 2017', avisa Rusedski

Courier também colocou a compatriota Serena Williams na discussão e aposta que tanto ela como Federer seguem sendo adversários duríssimos em seus respectivos circuitos apesar da idade. “Se Federer e Serena tiverem uma boa percentagem de primeiros serviços e ainda tiverem um forehand afiado, eles vão continuar a ser muito difíceis de serem derrotados”, concluiu.

Na temporada que acabou com a disputa do ATP Finals, o suíço fez apenas seis jogos, venceu cinco e perdeu um, as semifinais em Melbourne para o sérvio Novak Djokovic. Logo em seguida, ele disputou uma exibição com o espanhol Rafael Nadal na África e pouco tempo depois passou por uma artroscopia no joelho direito. Federer precisou repetir o procedimento meses depois e ainda não garante 100% sua volta na Austrália.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva