Notícias | Dia a dia
Diretor do AO pede calma após negativa do governo
18/11/2020 às 16h08

Craig Tiley, diretor do torneio, enviou uma carta aos jogadores explicando a situação

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Após a divulgação de que o governo da região de Victoria não vai permitir a entrada dos tenistas estrangeiros no país ainda em dezembro, a organização do Australian Open busca solução para viabilizar o evento e também toda a cadeia de torneios preparatórios. Craig Tiley, diretor do torneio, enviou uma carta aos jogadores explicando a situação e pede paciência até que as novas diretrizes sejam definidas.

A Austrália exige duas semanas de quarentena para todo mundo que chega ao país. Nesse cenário, a decisão do governo de só permitir a chegada dos atletas em janeiro não afetaria diretamente o Grand Slam australiano, que está marcado para acontecer entre os dias 18 e 31 daquele mês. No entanto, compromete os planos de promover uma bolha do tênis e concentrar vários torneios em Melbourne nas duas primeiras semanas de 2021. Já está definido que cidades como Brisbane, Adelaide e Hobart só voltam a receber torneios da ATP ou WTA em 2022.

+ Governo veta tenistas na Austrália em dezembro
+ Torneios de Brisbane, Hobart e Adelaide só em 2022
+ Melbourne pode concentrar torneios antes do AO

"Na noite passada, o governo de Victoria nos avisou que não poderemos iniciar a quarentena ainda em dezembro. No momento, buscamos mais detalhes sobre o que isso significa até as primeiras duas semanas de janeiro e se poderemos realizar torneios durante este período", escreveu Tiley, na carta aos jogadores. "Isso vai depender inteiramente das condições de quarentena impostas pelo Departamento de Saúde de Victoria e se elas permitem que torneios sejam realizados em uma bolha sanitária. Ou seja, sem público".

"Nossas sinceras desculpas pelas incertezas contínuas, mas como vocês devem saber, isso está fora de nosso controle. A decisão do governo permite que vocês passem o Natal em casa e se preparem para o Australian Open como nos anos anteriores, mas também cria incertezas sobre quando os voos retomam e as datas precisas da viagem. A única mensagem que tenho é que assim que tivermos a autorização para quarentena em Melbourne, vamos fornecer todas as informações e suporte de que vocês precisam para chegar aqui", acrescentou o dirigente.

"Conseguimos os serviços de nossa agência de viagens para ajudar a reservar voos e tivemos a garantia de que o processo de visto será o mais simples possível. Haverá mais informações sobre isso no futuro", emendou o executivo. "Apesar das incertezas de como serão as primeiras duas semanas de 2021, estamos nos esforçando para traçar um cronograma completo de torneios neste verão, a fim de maximizar as oportunidades de jogo para todos. Vamos mantê-los informados sobre quaisquer atualizações o mais rápido possível. Cuidem-se bem e fiquem seguros".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva