Notícias | Dia a dia
Monteiro larga bem no challenger de Orlando
17/11/2020 às 17h24

Monteiro enfrentará mais um jovem norte-americano na próxima fase do torneio

Foto: Arquivo

Orlando (EUA) - Principal cabeça de chave do challenger norte-americano de Orlando, Thiago Monteiro estreou com vitória no torneio disputado em quadras duras. O número 1 do Brasil e 84º do ranking venceu o anfitrião vindo do quali Stefan Kozlov, 375º colocado, por 6/1 e 6/3 em 1h39 de partida.

Monteiro vinha de uma precoce eliminação nas oitavas do challenger de Cary. Na temporada, o cearense de 26 anos ganhou oito jogos em chaves principais de ATP e mais dez em challenger, com um título em Punta del Este e um vice no saibro italiano de Forli. Também conseguiu o melhor resultado da carreira em um Grand Slam ao atingir a terceira rodada de Roland Garros.

A vitória na estreia em Orlando rende sete pontos na ATP a Monteiro, mas isso não altera sua situação no ranking. O último de seus 18 melhores resultados válidos para o ranking é de 25 pontos, do challenger de Gênova do ano passado. Sendo assim, ele precisa ser semifinalista e fazer 29 pontos para começar a subir no ranking.

Monteiro enfrentará mais um jovem norte-americano
Superado por Monteiro nesta terça-feira, Kozlov chegou a ser número 2 do ranking mundial juvenil e finalista de Wimbledon em sua categoria no ano de 2014. Também naquela temporada, venceu Stefanos Tsitsipas na final do Orange Bowl. Como profissional, o norte-americano atingiu no máximo o 115º lugar do ranking da ATP e tem dois títulos de challenger, além de quatro futures.

O próximo adversário de Monteiro em Orlando é outro jovem norte-americano. Ele enfrenta Brandon Nakashima, de 19 anos e 202º do ranking. Nakashima foi número 3 do mundo como juvenil e campeão do ITF Junior Masters em 2018. Ele começa a se firmar no tênis profissional este ano, com 13 vitórias em challenger e mais três no circuito da ATP, uma delas no US Open.

Games longos no início da partida
O jogo de estreia de Monteiro no challenger de Orlando começou com alguns games muito longos. Além disso, Kozlov sofreu uma torção no tornozelo direito e demorou um tempo até que ele fosse devidamente atendido pela equipe médica do torneio. Como consequência, a partida já durava 30 minutos com apenas dois games concluídos.

Apesar disso, Monteiro conseguiu abrir 3/0 nos primeiros games e não correu riscos no set inicial. Ele cedeu apenas oito pontos nos games de serviço e só enfrentou um break point, além de conseguir uma nova quebra na reta final do set. A parcial seguinte teve um pouco mais de normalidade, pensando na duração dos games. Monteiro continuou sacando bem e cedeu apenas quatro pontos em seu serviço, além de conseguir duas novas quebras para vencer o jogo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva