Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Nadal diz que jogou bem e confia na classificação
17/11/2020 às 15h55

Espanhol acredita que jogou em nível de tênis mais alto em relação às últimas semanas

Foto: Ella Ling/ATP Tour

Londres (Inglaterra) - Apesar de ter sofrido sua primeira derrota no ATP Finals nesta terça-feira, Rafael Nadal saiu de quadra satisfeito com o nível de tênis apresentado na partida contra Dominic Thiem e confiante na classificação para a semifinal do torneio. Agora com uma vitória e uma derrota na competição, o espanhol encerra a fase de grupos na próxima quinta-feira, quando enfrenta o grego Stefanos Tsitsipas.

"Foi uma grande partida de tênis, decidida por alguns pequenos detalhes", disse Nadal, após a derrota para Thiem por 7/6 (9-7) e 7/6 (7-4) em 2h25 de jogo. "Sei que ele fez uma partida incrível, mas eu também joguei bem, então meu sentimento não é negativo. Minhas chances de ter um bom resultado no torneio agora são maiores do que cinco dias atrás, porque meu nível de tênis está mais alto".

Nadal lamentou as oportunidades perdidas. Ele chegou a liderar o tiebreak da primeira parcial por 5-2 e teve dois set points. Já no segundo set, foi o primeiro a quebrar, mas permitiu o empate logo na sequência. "Fiz muitas coisas bem durante o jogo. A única coisa negativa é que eu não consegui aproveitar alguns pontos importantes que fizeram a diferença".

"Tive muitas chances no primeiro set. Errei um pouco no tiebreak, quando estava em vantagem, e também tive uma quebra acima no segundo set. Mas ele mereceu vencer porque jogou melhor nesses momentos mais importantes do jogo", acrescentou o espanhol. Ele terminou a partida com 25 winners e 16 erros não-forçados, enquanto Thiem anotou 37 bolas vencedoras e cometeu 22 erros.

Aos 34 anos, Nadal faz sua décima participação no ATP Finals e busca um título inédito. Ele já foi vice-campeão do torneio em 2010 e 2013, sendo superado pelos rivais Roger Federer e Novak Djokovic. No ano passado, caiu ainda na fase de grupos, mesmo tendo vencido dois jogos pela competição. Ele já enfrentou Tsitsipas, seu próximo adversário, seis vezes e conseguiu cinco vitórias.

Comentários