Notícias | Dia a dia
'O trabalho duro está se pagando', afirma Sinner
14/11/2020 às 17h30

Sófia (Bulgária) - Considerado um dos destaques da nova geração, Jannik Sinner mostrou seu cartão de visitas nesta semana no ATP 250 de Sófia. O italiano de apenas 19 anos derrotou o canadense Vasek Pospisil na final deste sábado e comemorou o título do torneio búlgaro se tornando o mais jovem atleta de seu país a levantar uma taça desde o começo da Era Aberta.

“Sempre é especial quando você consegue vencer um torneio, principalmente ao ganhar uma final no tiebreak do terceiro set. Mas vencer assim é até melhor do que por um duplo 6/1”, contou o italiano, que precisou de 2h14 para anotar o placar final de 6/4, 3/6 e 7/6 (7-3).

“Fiquei muito feliz com meu desempenho na partida e em como tentei ficar em cada ponto. Estava me sentindo muito bem nesta semana, foi especial para mim. Não foi um jogo fácil e a sensação de vencer meu primeiro título é muito boa, ainda mais na mesma semana em que conquistei o Next Gen Finals do ano passado”, completou Sinner.

O italiano também se tornou o sexto jogador este ano a erguer seu primeiro título da carreira em 2020, se juntando aos também jovens Ugo Humbert, Casper Ruud, Miomir Kecmanovic e Thiago Wild. Além deles, outro que levantou neste ano seu primeiro troféu da carreira foi o australiano John Millman.

“Agora sinto mais uma vez que o trabalho duro está se pagando. Espero começar o próximo ano ainda melhor do que fiz neste”, destacou o tenista de 19 anos, que terminou a partida com 14 aces e 75% de aproveitamento nos pontos disputados com o primeiro serviço. O último jogador a erguer um troféu tão ou mais jovem foi o japonês Kei Nishikori, campeão de Delray Beach com 18 anos.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio