Notícias | Dia a dia
'Tentamos permanecer unidos', diz irmão de Zverev
11/11/2020 às 14h59

Irmãos Zverev conquistaram juntos o título de duplas do ATP 500 de Acapulco no ano passado

Foto: Arquivo

Stuttgart (Alemanha) - Irmão mais velho do alemão Alexadner Zverev, o também tenista Mischa Zverev, de 33 anos e atual 261 do mundo em simples e 194 nas duplas, se posicionou brevemente em relação às acusações de agressão feitas pela ex-namorada de Sacha, a ex-tenista juvenil e modelo russa Olga Sharypova.

“A vida às vezes é surpreendente e agora estamos tentando lidar com essas coisas. Tentamos permanecer unidos como família e encontrar a solução certa. Eu apenas busco ser o irmão mais velho e ficar ao lado dele”, contou o ex-número 25 do mundo e dono de um título de ATP para o jornalista Jannik Schneider.

O momento delicado fora das quadras parece não ter afetado Zverev nas competições, tanto que na semana passada ele teve um grande desempenho no Masters 1000 de Paris, perdendo somente na final, quando foi superado pelo russo Daniil Medevedev.

Durante sua participação no torneio disputado no Palácio de Bercy, o alemão de 23 anos foi questionado sobre as acusações de Sharypova. Sua resposta foi breve e apenas reforçou o que já havia publicado em sua conta no Instagram, alegando inocência no caso. Ele voltará a competir na próxima semana no ATP Finals, evento que reúne os oito melhores da temporada.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva