Notícias | Dia a dia
Nadal mantém o otimismo para o Finals de Londres
07/11/2020 às 19h10

Paris (França) - Apesar da derrota para Alexander Zverev em dois sets, que mais uma vez o impediu de sonhar com o título no Masters de Paris, o espanhol Rafael Nadal não perdeu o otimismo. Ele diz que ganhou ritmo nesta semana e poderá se sair bem no ATP Finals, o mais importante torneio que jamais venceu, que começa dentro de oito dias.

"Não estou feliz com a derrota, mas chegarei pronto ao Finals de Londres". garante. "Estas quatro partidas em Paris me ajudaram, fiquei muitas horas em quadra e tive a atitude certa. Só preciso ajustar detalhes. Terei uma semana para isso. A chave para me sair bem lá é ter mais confiança para bater o backhand".

Nadal reconheceu a melhor atuação de Zverev na semifinal deste sábado. "Ele foi superior hoje. Jogou duas semanas em Colônia com este mesmo tipo de bola, estava mais rodado. Veio com saques a 220 km/h", avaliou. "Faltou um pouco para me dar mais oportunidades. No 5/4 (do segundo set), cometi erros com o backhand e ele jogou mais ofensivo. É preciso parabenizá-lo pelo nível com que jogou".

Ele faz questão de dizer que leva coisas positivas da campanha em Paris. "Golpeei melhor o forehand hoje se comparado com os outros jogos da semana, mas o backhand teve problemas, talvez porque não estivesse tão seguro. Foi uma pena não ter ao menos chegado ao tiebreak".

Perguntado se existe uma 'maldição' no Masters de Bercy, o espanhol se saiu bem: "É um torneio complicado devido ao piso. Não ganhar um determinado torneio não é uma coisa anormal. A única maldição que vejo é que meus adversários têm jogado melhor que eu". Até hoje, Nadal fez apenas uma final no Palácio de Bercy, em 2007.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva