Notícias | Dia a dia
Medvedev domina Raonic e faz primeira final do ano
07/11/2020 às 11h51

Em ótima semana, Medvedev disputará primeira final depois de 13 meses

Foto: ATP

Paris (França) - Demorou, mas enfim Daniil Medvedev voltará a disputar uma final no circuito masculino. Grande destaque de 2019, quando disputou nove troféus e ganhou quatro deles, o russo se classificou para decidir o Masters 1000 de Paris neste domingo, ao dominar o poderoso saque do canadense Milos Raonic, anotando as parciais de 6/4 e 7/6 (7-4).

Medvedev fez um segundo semestre espetacular na temporada anterior, tendo vencido seus dois primeiros Masters 1000 em Cincinnati e Xangai, além do vice no US Open. Mas desde outubro não sentiu mais o gosto de uma final, tendo como maior resultado neste ano a semi em Flushing Meadows.

Aos 24 anos, Medvedev reconquistou o quarto lugar do ranking nesta semana, deixando para trás o contundido Roger Federer. Atinge 22 vitórias em 32 jogos realizados nesta temporada. Esta será sua 14ª final em busca do oitavo título. O adversário sairá do duelo seguinte entre Rafael Nadal e Alexander Zverev. Ele perdeu os três duelos diante do canhoto espanhol e só venceu um de seis diante do alemão.

Para marcar sua terceira vitória seguida sobre Raonic, o russo foi notavelmente consistente no primeiro set, cometendo apenas três erros não forçados. O canadense tomou a postura de risco e com isso fez 16 winners mas também falhou 11 vezes. Outro mérito de Medvedev esteve no saque: ganhou 94% dos pontos em que jogou com o primeiro serviço, superior aos 84% do canadense. Aproveitou o segundo break-point que teve no quinto game e não permitiu reação.

O segundo set também foi muito parelho e viu os dois jogadores buscarem mais a rede. Medvedev procurou balançar o adversário o tempo todo, evitou três break-points com coragem no oitavo game e foi paciente até obter a quebra, saltando para 5/4. Mas então foi conservador e não impediu Raonic de chegar bem à rede, recuperando a quebra. No tiebreak, o russo voltou a sacar com firmeza, viu Raonic cometer dois erros da base e disparou no placar com 4-0 e 5-2.

A estatística mostra que os dois somaram 31 winners (12 aces para Raonic e 7 para Medvedev), mas o russo errou a metade (12 a 24). O canadense foi até bem na rede, tendo obtido sucesso em 18 das 21 investidas. Sem conquistar títulos desde janeiro de 2016, Raonic já disputou 72 torneios desde então com sete vices.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva