Notícias | Dia a dia
Raquete de Federer de 2011 é leiloada por R$ 300 mil
07/11/2020 às 08h33

Federer posa antes da partida com Nadal com a raquete que autografou e foi a leilão

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A raquete utilizada pelo suíço Roger Federer na final de Roland Garros de 2011, em que perdeu o título para o espanhol Rafael Nadal, foi a leilão na sexta-feira por um site especializado e acabou arrematada pelo valor de US$ 55 mil, cerca de R$ 300 mil. A raquete é autografada e autenticada.

O modelo vermelho e branco Six One Tour, da marca Wilson, recebeu a mais alta oferta que qualquer outra raquete usada por um homem já atingiu no mercado de leilões. O maior valor anterior pertencia à raquete Slazenger que o britânico Fred Perry empunhou na final de Wimbledon de 1934, arrematada por US$ 32 mil.

O recorde absoluto no entanto é da Wilson utilizada pela norte-americana Billie Jean King na famosa 'Guerra dos Sexos' de 1973, em que derrotou o campeão de Wimbledon Bobby Riggs, em Houston. O lance vencedor atingiu incríveis US$ 125 mil.

Outras raquetes leiloadas por valores expressivos foram a Donnay com que Bjorn Borg perdeu a final de Wimbledon de 1981 para John McEnroe, arrematada em Londres por US$ 18.500, e a raquete quebrada de Serena Williams durante a conturbada decisão do US Open de 2018 diante de Naomi Osaka, por US$ 20.910.

Em busca do que seria seu segundo título em Roland Garros, Federer foi superado por Nadal com as parciais de 7/5, 7/6, 5/7 e 6/1 para atingir então o hexa em Paris.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva