Notícias | Dia a dia
Djokovic é confirmado como nº 1 e iguala Sampras
06/11/2020 às 18h16

Assim como fez Sampras, Djokovic terminou seis temporadas distintas como número 1 do mundo

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Como já era esperado desde a semana passada, a ATP confirmou nesta sexta-feira que Novak Djokovic permanecerá na liderança do ranking mundial até o final da temporada. A entidade só pôde formalizar essa informação após o sorteio da chave para o ATP 250 de Sófia, sem a presença do número 2 do mundo Rafael Nadal.

Djokovic já estava em situação muito confortável no ranking depois de ter vencido dois jogos e alcançado as quartas de final do ATP 500 de Viena na última semana. Com isso, Nadal já não poderia mais alcançá-lo mesmo se fosse campeão do Masters 1000 de Paris e também do ATP Finals. O espanhol ainda precisaria tirar uma diferença de 40 pontos, tendo apenas o torneio búlgaro como opção.

Esta é a sexta temporada que Djokovic termina na liderança do ranking da ATP. Ele já havia conseguido esse feito em 2011, 2012, 2014, 2015 e 2018. Com isso, o sérvio iguala o recorde de Pete Sampras, que também terminou seis anos diferentes como número 1 do mundo. Seus principais adversários, Roger Federer e Rafael Nadal fecharam cinco temporadas distintas na liderança.

"Pete era o jogador que eu admirava quando era pequeno, então igualar o recorde dele é um sonho que se tornou realidade", disse Djokovic, em comunicado da ATP. "Também continuarei me esforçando para ser um jogador cada vez melhor, espero ter mais sucesso e quebrar mais recordes em um esporte que tanto amo".

Além disso, Djokovic se torna o jogador mais velho a terminar uma temporada na liderança, aos 33 anos e seis meses. Na temporada passada, Nadal foi o número 1 com 33 anos e cinco meses. O sérvio é nascido em maio de 1987 e o espanhol é de junho de 1986.

Ao longo de 2020, Djokovic acumula 39 vitórias e apenas três derrotas. O número 1 do mundo teve como ponto alto na temporada o título do Australian Open, em janeiro, quando conquistou o 17º Grand Slam de sua carreira. Também foi campeão em Dubai, Roma e Cincinnati, além de ajudar a Sérvia a vencer a edição inaugural da ATP Cup.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG