Notícias | Dia a dia
Raonic salva 2 match points e faz semi em Paris
06/11/2020 às 14h31

Em um dos match points, o canadense venceu um rali com 30 trocas de bola

Foto: Divulgação

Paris (França) - Bastante experiente no circuito, mas ainda sonhando com o maior título da carreira, Milos Raonic garantiu vaga na semifinal do Masters 1000 de Paris. O canadense de 29 anos e 17º do ranking salvou dois match points na dramática vitória sobre o francês Ugo Humbert, 34º do ranking, por 6/3, 3/6 e 7/6 (9-7) em 2h18 de partida nesta sexta-feira.

Vencedor de oito torneios da ATP, Raonic não conquista títulos desde janeiro de 2016 em Brisbane. Ele está em busca da 24ª final da carreira, sendo a quinta em Masters 1000. O canadense já foi finalista em Paris ainda em 2014, e também ficou com o vice em Toronto (2013), Indian Wells (2016) e também no torneio de Cincinnati deste ano.

Raonic chega a uma semifinal de Masters 1000 pela 12ª vez na carreira. Seu adversário será o russo Daniil Medvedev, número 5 do mundo. Eles já se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias de Medvedev. Apesar de mais jovem, com 24 anos, o russo já venceu dois torneios deste porte.

Superado por Raonic nas quartas, Humbert fez uma campanha de destaque em Paris. O canhoto francês de 22 anos venceu seus jogos contra Casper Ruud, Stefanos Tsitsipas e Marin Cilic sempre em três sets. Ele vinha de um título, conquistado no ATP 250 da Antuérpia há duas semanas. Com esses resultados, debutará no top 30 a partir de segunda-feira.

Em um dos match points, canadense segurou rali com 30 trocas

Durante o equilibrado duelo das quartas, Raonic liderou a contagem de winners por 43 a 28, mas também cometeu 34 erros não-forçados contra 23 de Humbert. Grande sacador que é, o canadense disparou 25 aces contra nove do francês. O jogo teve apenas uma quebra para cada lado, mas não faltaram chances, já que Raonic teve dez break points e Humbert teve seis.

No set decisivo, inteiramente sem quebras, Raonic reverteu um 0-40 logo no game de abertura e não aproveitou os quatro break points que teve em dois games seguidos no serviço do francês. Humbert começou melhor no tiebreak e chegou a liderar por 5-1 e chegou a ter dois match points quando vencia por 6-4. Em uma dessas chances, Raonic precisou vencer um rali com 30 trocas de bola para sobreviver na partida. Depois disso, encaixou ótimos saques e ganhou um ponto importante no serviço do rival, antes de definir o jogo com um ace.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva