Notícias | Dia a dia
Zverev volta a dizer que queixa de Sharypova é falsa
06/11/2020 às 09h44

Paris (França) - Depois de a ex-namorada Olga Sharypova manter a acusação de agressão física por parte do alemão Alexander Zverev em uma entrevista à revista norte-americana Racquet, na qual detalhou episódios de violência, o atual número 7 do mundo também não mudou o seu discurso e mais uma vez falou que tudo isso não é verdade.

“Como já mencionei antes, tudo que eu tinha que dizer sobre o assunto eu já escrevi no Instagram. Não há muito mais que eu possa acrescentar. Essas acusações simplesmente não são verdadeiras. É isso”, resumiu o germânico após gastar três horas para superar o francês Andrian Mannarino e se garantir nas quartas de final do Masters 1000 de Paris.

Ao falar sobre a partida, Zverev disse que foi um duelo de altos e baixos. “Os primeiros dois sets podiam ter ido para qualquer lado, nós dois tivemos set-points e eu consegui até um match-point. Foi muito difícil, Adrian é um grande jogador. Acho que no final tive um pouco de sorte com o erro ele no voleio, um golpe que teria acertado 99% das vezes”, observou o alemão.

“Então consegui acertar um alguns winners para encerrar a partida e estou muito feliz com a vitória. Cada vez que jogo contra o Adrian a partida é muito difícil, nos enfrentamos no US Open e também em Colônia e nas duas vezes o duelo foi longo. Sabia que ia ser difícil, porque ele é um grande jogador, especialmente em uma superfície rápida como esta”, completou o tenista de 23 anos.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio