Notícias | Dia a dia
Wawrinka: 'Não iniciei bem e estava sem confiança'
06/11/2020 às 08h50

Paris (França) - Depois de embalar dois títulos seguidos nos ATP 500 de São Petersburgo e Viena, o russo Andrey Rublev por pouco não ampliou sua sequência de vitórias contra Stan Wawrinka nesta quinta-feira, largando muito bem na partida e vencendo o primeiro set por 6/1. Só que o suíço conseguiu reagir e virou o jogo faturando as parciais seguintes com o placar de 6/4 e 6/3.

“Acho que no começo ele estava jogando mais rápido do que eu e também estava melhor em quadra como um todo. Estava duro para mim encontrar uma solução com ele jogando tão bem, mas continuei acreditando que poderia mudar alguma coisa em meu tênis e ter um desempenho um pouco melhor”, analisou o cabeça de chave 12 no Masters 1000 de Paris.

Wawrinka reforçou o melhor início do rival no confronto e falou um pouco do que fez para virar. “Ele conseguiu tirar um pouco da minha confiança. Acho que o mais importante foi manter o foco, passei a sacar melhor e variei mais. Também fui mais agressivo e o coloquei um pouco contra a parede, ganhando assim alguns pontos a mais de graça. Estou feliz com a vitória”, contou o suíço.

Classificado para as quartas de final no Palácio de Bercy, o tenista de Lausanne terá agora pela frente o alemão Alexander Zverev, outro que não teve moleza para avançar, precisando de três sets com dois tiebreaks para superar o francês Adrian Mannarino nas oitavas.

“Com certeza vai ser duro. Perdi para ele no Australian Open e também em outros duelos entre nós no passado. Ele é um adversário duro, acompanhei um pouco de seu jogo hoje e ele também fez uma partida longa. Espero poder jogar bem”, resumiu Stan, que buscará sua primeira vitória em quatro embates contra o alemão.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio