Notícias | Dia a dia
Wawrinka consegue a virada e vai desafiar Rublev
04/11/2020 às 20h35

Wawrinka tem uma vitória e uma derrota contra Rublev no circuito

Foto: Divulgação

Paris (França) - Em seu segundo compromisso no Masters 1000 de Paris, Stan Wawrinka conseguiu uma difícil vitória de virada. O veterano suíço de 35 anos venceu um duelo de gerações contra o norte-americano Tommy Paul, jovem de 23 anos e 55º do ranking, por 4/6, 7/6 (7-3) e 6/2 em 2h21 de partida.

Wawrinka já volta a atuar nesta quinta-feira. O atual 20º do ranking desafia o embalado russo Andrey Rublev, oitavo colocado e vindo de 11 vitórias seguidas. Eles já se enfrentaram duas vezes no cirucito profissional, com uma vitória para cada lado.

Cheio de alternativas, o jogo teve 11 quebras de serviço. Wawrinka conseguiu 6 em 13 break points, enquanto Paul teve 16 chances e aproveitou cinco. O norte-americano liderou a contagem de winners por 37 a 34, mas também cometeu mais erros, 47 contra 39 do suíço.

Paul conseguiu uma quebra logo no game de abertura, cedeu o empate por 2/2, mas voltaria a quebrar na sequência, sustentando a vantagem até o fim do primeiro set. A segunda parcial teve três quebras para cada lado. Wawrinka chegou a sacar para fechar quando vencia por 5/3 e também teve set point no 6/5, mas só conseguiu vencer no tiebreak.

Os sacadadores prevaleceram no começo do último set até o empate por 2/2. Então, Wawrinka conseguiu uma quebra em um game muito longo, apenas na quinta oportunidade que teve. Dois games mais tarde, o suíço voltou a quebrar para fazer 5/2. Sacando para o jogo, o ex-número 3 do mundo escapou de um 15-40 e definiu a partida no segundo match point.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva