Notícias | Dia a dia
Schwartzman: 'Seria muito especial estar no Finals'
03/11/2020 às 12h38

Paris (França) - Mais uma vez o argentino Diego Schwartzman não escondeu que seu foco está totalmente virado para a classificação ao ATP Finals nesta reta final de temporada. Sexto pré-classificado no Masters 1000 de Paris, ele tenta pela primeira vez disputar o torneio que reúne os oito melhores jogadores da temporada.

“Está claro que meu novo objetivo é chegar a Londres. Era algo que não poderia imaginar há alguns meses, mas agora é a única coisa que passa pela minha cabeça”, afirmou El Peque, que viu a grande campanha no Masters 1000 de Roma, onde derrotou o espanhol Rafael Nadal nas quartas de final e só parou no sérvio Novak Djokovic na decisão, ser crucial para a arrancada final rumo a Londres.

“No início do ano o meu principal objetivo era chegar entre 10 primeiros, principalmente depois de começar a temporada muito bem. Aí me machuquei, veio a pandemia e no reinício não alcancei bons resultados. A campanha em Roma me ajudou a jogar cada vez melhor e a ter um bom desempenho em grandes torneios”, observou o argentino.

Schwartzman manteve o embalo em Roland Garros e foi até as semifinais, com direito a vitória sobre austríaco Dominic Thiem, vice-campeão do torneio nas duas edições anteriores. “Isso que faltava para eu ficar no top 10. Já tinha conseguido vencer muitos desses jogadores, mas nunca nesse tipo de rodada”, destacou o atual número 9 do mundo.

“Consegui vitórias incríveis em Roma e também em Roland Garros. Vencer alguém como Nadal no saibro e depois derrotar Dominic em Roland Garros também faz com que seus adversários tenham mais respeito e mais dúvidas a partir de então”, analisou o argentino, que entra na disputa em Paris com 210 pontos à frente do italiano Matteo Berrettini, seu principal rival nesta briga.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva