Notícias | Dia a dia
Wawrinka, Raonic e Anderson largam bem em Paris
03/11/2020 às 10h34

Raonic fez valer a condição de cabeça de chave 10 e avançou em sets diretos

Foto: Divulgação

Paris (França) - Terminaram bem as estreias do suíço Stan Wawrinka, do canadense Milos Raonic e do sul-africano Kevin Anderson no Masters 1000 de Paris, com os três avançando na competição sem deixar um set sequer. Anderson foi o que teve vida mais fácil, contando com o abandono do lucky-loser sérvio Laslo Djere quando vencia o primeiro set por 5/2.

De volta ao top 100 após 11 meses, Anderson ficou apenas 24 minutos em quadra para superar a primeira rodada. Ele deverá ter muito mais trabalho em sua próxima partida, quando irá desafiar o russo Daniil Medvedev, terceiro favorito na competição. O sul-africano levou a melhor na única vez que se cruzaram, na semana passada em Viena.

Raonic teve um pouco mais de trabalho, mas conseguiu despachar o esloveno Aljaz Bedene em 63 minutos, anotando parciais de 6/3 e 6/2. Cabeça de chave número 10, ele terá agora pela frente o vencedor da partida entre o norte-americano Tennys Sandgren e o convidado da casa Pierre-Hugues Herbert.

A vitória mais trabalhosa dos três foi a de Wawrinka, que ainda sim triunfou em dois sets, gastando 1h33 para fazer valer a condição de 12º pré-classificado na competição e derrubar o britânico Daniel Evans com o placar final de 6/3 e 7/6 (7-3). O suíço espera agora por quem passar do duelo entre o local Gilles Simon e o norte-americano Tommy Paul.

Em outra partida já encerrada nesta terça-feira, o japonês Yoshihito Nishioka lutou por três sets para conseguir a virada sobre o espanhol Pablo Andujar, marcando parciais de 5/7, 6/4 e 6/2. Na segunda rodada, ele enfrentará ou o francês Adrian Mannarino ou o sérvio Dusan Lajovic.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva