Notícias | Dia a dia
Schwartzman tem tudo para ir ao Finals pela 1ª vez
02/11/2020 às 08h31

Paris (França) - Após a classificação do russo Andrey Rublev para o ATP Finals, com sua conquista no ATP 500 de Viena, apenas uma vaga ficou sobrando na competição. O argentino Diego Schwartzman é o favorito a conseguir um lugar em Londres, mas tem que superar outros três concorrentes nestas duas últimas semanas de circuito.

Em busca de uma inédita classificação, o argentino entra no Masters 1000 de Paris precisando de final para carimbar seu passaporte rumo à Arena O2. A maior ameaça é o italiano Matteo Berrettini, que vem 210 pontos atrás, mas perderá 200 pontos na próxima segunda-feira referentes à campanha no Finals do ano passado e por isso terá que descontar 410 pontos nesta reta final.

O italiano é outro que pode se garantir em Londres já nessa semana, mas para isso precisa ser campeão no Palácio de Bercy. Qualquer outro resultado pode eliminá-lo da disputa, ou deixá-la em aberto para a derradeira semana, na qual será disputado o ATP 250 de Sófia.

Correndo bem por fora aparecem David Goffin e Pablo Carreño, que precisam ser campeões em Paris para ter alguma chance. O belga está 730 pontos atrás de Schzwartzman e o espanhol tem 885 pontos de desvantagem.

A briga ficou restrita a esses quatro nomes porque outros quatro que ainda tinham alguma chance resolveram encerrar mais cedo a temporada e não vão disputar o torneio de Paris. O atleta da casa Gael Monfils puxa a lista que tem também o canadense Denis Shapovalov, atual vice-campeão na capital francesa, o espanhol Roberto Bautista e o italiano Fabio Fognini.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva