Notícias | Dia a dia
Millman comemora seu 1º título aos 31 anos
01/11/2020 às 10h42

John Millman levou a melhor no duelo de veteranos contra Adrian Mannarino

Foto: Kazakhstan Tennis Federation

Nur-Sultan (Cazaquistão) - O domingo foi especial para o australiano John Millman, que comemorou finalmente seu primeiro título na elite do circuito. O experiente jogador de 31 anos venceu o ATP 250 de Nur-Sultan, em quadras de piso duro. Millman superou na final o francês Adrian Mannarino por 7/5 e 6/1 em 1h48 de partida.

Até então, Millman havia disputado as finais de Budapeste em 2018 e Tóquio no ano passado, mas sempre ficado com o vice. Atual 45º do ranking, ele tem como melhor marca da carreira o 33º lugar. Com os 250 pontos conquistados, tendo que descartar apenas 20 de seu pior resultado válido para o ranking, deve subir sete posições.

"Estou muito feliz e aliviado. Essa foi a minha terceira final, e desta vez eu tive sorte. Não foi fácil, mas vencer em um lugar onde me senti tão confortável durante toda a semana torna essa conquista muito especial. Estou tão feliz. Foi um grande esforço da minha equipe", comentou Millman, que chegou a salvar dois match points no jogo contra Tommy Paul nas quartas de final.

Já Mannarino segue com retrospecto muito ruim em finais de ATP. O canhoto francês de 32 anos e 39º do ranking disputou sua décima final na carreira e segue com apenas um título, conquistado na grama de 's-Hertogenbosch no ano passado.

Belgas campeões de duplas
O título de duplas ficou com os belgas Sander Gille e Joran Vliegen. Eles venceram a final contra os australianos Max Purcell e Luke Saville por 7/5 e 6/3. Este é o quarto título da parceria, sendo o primeiro na temporada. No ano passado, os belgas foram campeões em Bastad, Gstaad e Zhuhai. O canhoto Vliegen tem 27 anos e é o 37º do ranking, Gille tem 29 anos e ocupa o 43º lugar.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG