Notícias | Dia a dia
Melo fatura o tri em Viena e o 35º título de ATP
01/11/2020 às 10h05

Melo e Kubot deverão entrar na zona de classificação para o Finals com o título

Foto: Bildagentur Zolles KG/Christian Hofer

Viena (Áustria) - O excelente retrospecto de Marcelo Melo e Lukasz Kubot no ATP 500 de Viena ficou ainda melhor com o terceiro título da parceria no torneio austríaco em quadras duras e cobertas. Bicampeões em 2015 e 2016, além de vices no ano passado, Melo e Kubot venceram neste domingo a final contra os britânicos Jamie Murray e Neal Skupski por 7/6 (7-5) e 7/5 em 1h55 de partida.

Este é o 35º título de ATP na carreira de Marcelo Melo, que disputou sua 65º final no circuito. O mineiro de 37 anos tem agora 15 títulos ao lado de Kubot. Este ano, eles já haviam sido campeões em Acapulco e finalistas em Colônia. Ex-número 1 do mundo, Melo é o atual 12º colocado no ranking dos especialistas em duplas.

O título também é de fundamental importância para que a dupla tente a classificação para o ATP Finals. Melo e Kubot iniciaram a semana no décimo lugar na corrida para Londres. Com os 500 pontos conquistados em Viena, entram na zona de classificação. O próximo compromisso é o Masters 1000 de Paris. Quatro parcerias já estão classificadas para o Finals, entre elas a do brasileiro Bruno Soares e com o croata Mate Pavic.

Jogo com sete quebras e 20 break points
Não houve transmissão da partida, já que a ATP não disponibilizou as imagens em seu serviço oficial de streaming. As estatísticas indicam um jogo cheio de alternativas, já que aconteceram sete quebras. Melo e Kubot conseguiram quatro em 11 break points, contra três quebras em nove break points para Murray e Skupski.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ONCE AGAIN YOUR #ERSTEBANKOPEN DOUBLES CHAMPIONS: @kubot.lukasz and @marcelomelo83 🏆 After their victories in 2015 and 2016, the Polish/Brazilian duo wins the Vienna doubles competition together for the third time 💪 #congratulations 🇵🇱🇧🇷

Uma publicação compartilhada por Erste Bank Open (ATP 500) (@erstebankopen) em

Os britânicos começaram melhor e abriram 2/0, mas Melo e Kubot devolveram a quebra pouco depois e buscaram o empate no quarto game. Não houve quebras até o fim do set, embora a parceria britânica tenha escapado de mais quatro break points até o fim da parcial. No tiebreak, Murray e Skupski também estiveram na frente e lideraram por 5-3, mas Melo e Kubot venceram quatro pontos seguidos.

O segundo set começou com uma quebra para cada lado. Depois disso, Melo e Kubot vinham confirmando seus games de serviço sem maiores sustos e conseguiram quebrar para fazer 5/3. Murray e Skupski salvaram um match point e devolveram a quebra quando os rivais sacavam para o jogo. No game seguinte, os britânicos escaparam de outro match point e buscaram o empate para 5/5.

Melo e Kubot, então, evitaram duas novas chances de quebrar antes de confirmarem o serviço. No game seguinte, abriram um 0-40 no serviço dos britânicos. Murray e Skupski salvaram mais dois match points, mas o mineiro e o polonês aproveitaram a quinta chance no jogo para conseguir a vitória.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva