Notícias | Dia a dia
Nadal e Tsitsipas lideram em Paris, Thiem não joga
31/10/2020 às 08h36

Em Paris, Nadal pode conquistar a milésima vitória da carreira

Foto: Divulgação

Paris (França) - A chave do Masters 1000 de Paris foi sorteada na manhã deste sábado. O número 2 do mundo Rafael Nadal e o quinto colocado Stefanos Tsitsipas encabeçam o quadro e só podem se enfrentar em uma possível final do torneio francês em quadras duras e cobertas.

Campeão de Roland Garros há três semanas, Nadal volta a Paris disposto a conquistar a milésima vitória da carreira. Sua estreia pode ser em duelo espanhol contra Feliciano López ou diante do sérvio Filip Krajinovic. O cabeça de chave mais próximo é o croata Borna Coric, 15º favorito. No mesmo quadrante, estão o belga David Goffin e o espanhol Pablo Carreno Busta.

Ainda na parte de cima da chave, Alexander Zverev é o cabeça 4 do torneio. O alemão vem de dois títulos em Colônia, mas teve uma semana conturbada fora das quadras, em meio ao reconhecimento da paternidade de seu primeiro filho e as acusações de agressão a uma de suas ex-namoradas. Sua estreia em Paris será contra Miomir Kecmanovic ou John Millman, e pode enfrentar Grigor Dimitrov nas oitavas.

Já o russo Andrey Rublev é o quinto favorito e vive ótimo momento, com título em São Petersburgo e boa campanha em Viena. Ele pode estrear contra o polonês Hubert Hurkacz ou contra um atleta vindo do quali. Possíveis adversários nas oitavas, o suíço Stan Wawrinka e o britânico Daniel Evans se enfrentam logo na estreia.

O segundo favorito Stefanos Tsitsipas espera pelo vencedor entre Casper Ruud e Ugo Humbert. Nas oitavas, o grego pode ter um duelo da nova geração contra o canadense Felix Auger-Aliassime, que estreia contra o croata Marin Cilic. No mesmo quadrante estão o também canadense Milos Raonic e o italiano Matteo Berrettini, cabeça 7 do torneio e postulante ao Finals.

Daniil Medvedev é o terceiro cabeça de chave e pode reencontrar o sul-africano Kevin Anderson, para seu algoz em Viena. Para isso, Anderson teria que vencer um rival vindo do quali na rodada de estreia. Nas oitavas, o russo pode cruzar o caminho do australiano Alex de Minaur, enquanto o compatriota Karen Khachanov e o argentino Diego Schwartzman podem pintar nas quartas.

Torneio terá três lucky-losers
De última hora, o torneio teve o desfalque de Dominic Thiem, que se queixou de bolhas nos pés durante a partida que fez contra Andrey Rublev na última sexta-feira em Viena. Outros dois jogadores que formalizaram suas desistências minutos antes do sorteio da chave foram o espanhol Fernando Verdasco e o chileno Cristian Garin. Com isso, três lucky-losers disputarão o torneio.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva