Notícias | Dia a dia
Anderson bate Medvedev, faz semi e volta ao top 100
30/10/2020 às 11h58

Viena (Áustria) - Na primeira partida de quartas de final desta sexta-feira no ATP 500 de Viena, o russo Daniil Medvedev não conseguiu fazer valer a condição da cabeça de chave número 4 e acabou eliminado pelo sul-africano Kevin Anderson, que não vencia um top 10 há dois anos e derrubou o rival em sets diretos com o placar final de 6/4 e 7/6 (7-5), após 1h29 de jogo.

Depois de ficar afastado das quadras durante todo o segundo semestre de 2019, não jogando depois de Wimbledon, o sul-africano despencou no ranking e começou a atual temporada fora do top 100. Com a campanha desta semana, Anderson enfim voltará a figurar entre os 100 melhores do mundo, saindo do atual 111º posto para ocupar provisoriamente a 84ª colocação.

O próximo adversário do tenista de 34 anos sairá da partida que talvez seja a mais esperada nas quartas de final, com o atual campeão e ídolo local Dominic Thiem de um lado e do outro o embalado russo Andrey Rublev, que venceu os últimos 12 jogos que disputou em ATP 500, vencendo os torneios de Hamburgo e São Petersburgo.

Para conquistar sua primeira vitória sobre um top 10 desde o ATP Finals de 2018, Anderson foi firme com o saque, venceu 77% dos pontos disputados, anotou nove aces e não foi quebrado uma vez sequer, salvando o único break-point que encarou.

Logo no primeiro game da partida, Anderson conseguiu aproveitar a terceira chance de quebra que teve e largou na frente, abrindo 2/0 em seguida. Ele administrou a vantagem até o fim e marcou 1 a 0 no placar. O sul-africano seguiu firme no saque na segunda parcial, que não teve breaks para ambos os lados e foi definida no tiebreak, em que Medevedev salvou dois match-points na devolução, mas quando sacou com match-point contra acabou entregando a partida.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva