Notícias | Dia a dia
Dimitrov supera Tsitsipas e faz quartas em Viena
29/10/2020 às 18h37

Dimitrov conseguiu sua primeira vitória contra top 10 na temporada

Foto: Divulgação

Viena (Áustria) - O experiente búlgaro Grigor Dimitrov conseguiu outra vitória expresssiva no ATP 500 de Viena e já está nas quartas de final do torneio em quadras duras e cobertas. Depois de ter superado Karen Khachanov na estreia, Dimitrov venceu nesta quinta-feira o grego Stefanos Tsitsipas, número 5 do mundo, por 6/7 (5-7), 6/4 e 6/3.

Ex-número 3 do mundo e vencedor de oito torneios da ATP, com destaque para o Finals de 2017, Dimitrov está com 29 anos e ocupa a 20ª posição do ranking mundial. Ele marcou sua 26ª vitória contra top 10 na carreira e a primeira na temporada. Seu histórico diante de Tsitsipas agora está empatado por 1 a 1, já que o grego havia levado a melhor em duelo realizado recentemente em Roland Garros.

Vindo de duas vitórias contra top 20 em Viena, Dimitrov enfrenta nas quartas o britânico Daniel Evans. O búlgaro venceu três dos quatro duelos anteriores contra o rival, atualmente com 30 anos e 33º colocado no ranking. O confronto mais recente aconteceu no início da temporada, durante a ATP Cup, com vitória de Dimitrov em três sets.

Na atual temporada, Dimitrov acumula 18 vitórias e 10 derrotas. Seus principais resultados foram as semifinais em Acapulco, ainda em fevereiro, e Antuérpia, na semana passada. Ele vive um jejum de títulos desde o ATP Finals de 2017 e sua final mais recente aconteceu no início de 2018 em Roterdã.

Búlgaro não teve o saque quebrado na partida
Durante o jogo desta quinta-feira, Dimitrov não teve o serviço quebrado. O búlgaro disparou cinco aces e enfrentou apenas dois break points. Já Tsitsipas, mesmo com 15 aces na partida, teve seu serviço ameaçado em nove oportunidades e permitiu três quebras.

O primeiro set não teve um break point sequer. Após um amplo domínio dos sacadores, Dimitrov abriu vantagem durante o tiebreak e chegou a liderar por 5-0, mas Tsitsipas reagiu e conseguiu vencer sete pontos seguidos. No segundo set, Dimitrov continuou sacando muito bem e cedeu apenas seis pontos em seus games de serviço, além de aproveitar uma das três chances de quebra que teve. Já no set decisivo, o búlgaro encarou alguns games longos no saque, mas escapou ileso e quebrou mais duas vezes para confirmar a vitória.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva