Notícias | Dia a dia
Melo avança em Viena, Demoliner cai no Cazaquistão
28/10/2020 às 12h22

Viena (Áustria) - Cabeças de chave número 3 no ATP 500 de Viena, o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot tiveram enorme trabalho em sua estreia na competição. Eles mediram forças com a forte dupla do sul-africano Raven Klaasen e do holandês Jean-Julien Rojer e venceram com o apertado placar final de 7/6 (7-4), 6/7 (4-7) e 10-7.

Nas quartas de final, Melo e Kubot terão mais um páreo duro pela frente, encarando o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin, em um confronto direto na disputa por uma das últimas quatro vagas no ATP Finals.

A estreia do mineiro e do polonês em Viena foi equilibradíssima, com os dois primeiros sets definidos no tiebreak. Na parcial inicial, Klaasen e Rojer chegaram a abrir 3/0, mas perderam a quebra de vantagem justamente quando sacaram para fechar em 5/3. Melo e Kubot levaram a definição para o desempate e saíram na frente.

O troco veio no segundo set, que não teve quebras, e terminou com Klaasen e Rojer triunfando no segundo desempate. No match-tiebreak decisivo, o mineiro e o polonês viram os rivais abrir 7-5, mas então conseguiram uma incrível arrancada, venceram os cinco pontos seguintes e asseguraram a vitória.

Demoliner não passa da estreia em Nur-Sultan

Se em Viena o dia foi bom para o Brasil, o mesmo não aconteceu no ATP 250 de Nur-Sultan, onde o gaúcho Marcelo Demoliner e o sérvio Nikola Cacic foram eliminados na estreia. Eles perdiam o duelo contra o holandês Sander Arends e o neozelandês Artem Sitak com parciais de 6/3 e 4/5, quando desistiram da partida.

Classificados para as quartas de final, os rivais esperam agora pelos vencedores da partida que de um lado terá os cabeças de chave 4, o japonês Bem McLachlan e o croata Franko Skugor, e do outro o holandês Matwe Middelkoop, ex-parceiro de Demo, e o monegasco Hugo Nys.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva