Notícias | Dia a dia
Perto de entrar na chave, Soares não jogará simples
26/10/2020 às 17h58

Soares precisa de apenas mais uma desistência para entrar na chave de simples

Foto: Arquivo

Atualizado às 17h56, com declarações de Bruno Soares

Viena (Áustria) - Depois de ter herdado uma vaga no quali de simples para o ATP 500 de Viena, Bruno Soares ficou muito perto de seguir na disputa individual do torneio austríaco em quadras duras e cobertas. Isso porque o torneio já teve três desistências, com entradas de lucky-losers na chave. Caso mais um jogador desista, ele entraria na chave principal de simples. No entanto, o mineiro já antecipou que abriria mão da vaga caso isso acontecesse.

"Eu conversei com o [Pierre-Hugues] Herbert, que também disputou o quali e está no aguardo, e disse que não vou jogar", disse Bruno Soares, por meio de sua assessoria de imprensa. "Joguei o quali porque não tinha ninguém. É um ATP 500 e vou focar nas duplas. O Herbert joga simples também e teria uma chance para ele disputar o torneio. Não vou pegar a vaga por pegar, já fiz a minha parte. Agora é concentrar nas duplas e deixar ele, caso tenha a sorte de entrar, fazer o trabalho dele na simples também".

Nishikori foi o terceiro a desistir
As primeiras desistências foram do argentino Diego Schwartzman, por lesão no ombro, e do australiano Alex de Minaur, por motivos pessoais. Ambos foram finalistas de torneios da ATP na semana passada. Com isso, o italiano Lorenzo Sonego e o taiwanês Jason Jung entraram na chave mesmo com derrotas na rodada do final do quali.

+ Soares estreia bem na chave de duplas em Viena
+ Bruno vence seis games e cai no quali de Viena
+ Bruno entra no quali de Viena e joga simples após 5 anos

Já nesta segunda-feira, foi a vez de Kei Nishikori desistir do torneio. O japonês ainda não se recuperou do problema no ombro direito, que o havia feito desistir do ATP da Antuérpia na semana passada. Com isso, o ucraniano Vitaliy Sachko é o terceiro lucky-loser na chave e vai enfrentar Dominic Thiem.

O próximo na lista de lucky-losers passaria a ser Bruno Soares. Ele teve a sorte de entrar diretamente na rodada final do quali, como "alternate", substituindo o então cabeça 1 Jan-Lennard Struff. Duplista de ofício, Soares está com 38 anos e não disputava uma partida de simples há cinco temporadas. Ainda assim, foi competitivo contra o número 88 do mundo Attila Balazs e perdeu por 6/2 e 6/4 no último domingo.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva