Notícias | Dia a dia
Khachanov perde match point, leva virada e reclama
23/10/2020 às 15h18

Russo saiu de quadra descontente com algumas marcações da arbitragem

Foto: Belga

Antuérpia (Bélgica) - O russo Karen Khachanov certamente vai querer esquecer esta sexta-feira. Ele foi eliminado nas quartas de final do ATP 250 da Antuérpia, com uma derrota de virada para o britânico Daniel Evans. Khachanov chegou a ter um match point no tiebreak do segundo set, mas perdeu o jogo por 3/6, 7/6 (9-7) e 6/4.

Além disso, o russo saiu de quadra reclamando da arbitragem do egípcio Adel Nour. O árbitro de cadeira teve algumas marcações contestadas ao longo da partida no torneio belga, disputado em quadras duras e cobertas e não ofereceu o recurso do desafio com revisão eletrônica.

As primeiras reclamações aconteceram ainda no set inicial, quando o russo vencia por e teve o serviço quebrado. As imagens da transmissão da TV mostram que a bola que salvaria o break point teria sido boa. Mais de uma hora depois, Evans fechou o segundo set com uma bola duvidosa que o russo alega que foi fora.

Após os incidentes, Evans conseguiu uma quebra logo no game de abertura do terceiro set. O britânico não enfrentou break points e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço na parcial decisiva. Aos 30 anos, ele ocupa o 35º lugar do ranking e ainda persegue seu primeiro título de ATP depois de ter disputado duas finais.

Duelo com Humbert na semifinal
O adversário de Evans na semifinal será o francês Ugo Humbert, canhoto de 22 anos e 38º colocado. Humbert venceu nesta sexta-feira o sul-africano Lloyd Harris por 6/3 e 7/6 (7-2). O jovem francês conquistou seu primeiro ATP no início deste ano em Auckland, na única final que disputou. Ele e Evans só se enfrentaram em um challenger no ano passado, com vitória do britânico. O reencontro acontece às 10h30 (de Brasília) deste sábado.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva