Notícias | Dia a dia
Stefani busca sua maior final para colar no top 30
22/10/2020 às 19h17

Luisa Stefani está atuando ao lado da top 10 canadense Gabriela Dabrowski em Ostrava

Foto: Reprodução/Instagram

Ostrava (República Tcheca) - Semifinalista de duplas do WTA Premier de Ostrava, a Luisa Stefani tenta alcançar a final mais importante na carreira e, de quebra, se aproximar do top 30 no ranking mundial da modalidade. O torneio é o último de nível WTA que Stefani disputa na temporada.

A brasileira está atuando nesta semana ao lado da canadense Gabriela Dabrowski, 10ª melhor duplista do mundo, e enfrentará no sábado as tchecas Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, cabeças de chave número 2 do torneio e vencedoras de Roland Garros e Wimbledon juntas em 2018.

Luisa Stefani tem dois títulos de WTA, conquistados ao lado da norte-americana Hayley Carter. Elas foram campeãs em Tashkent no ano passado e em Lexington em agosto deste ano. Também disputaram outras duas finais, em Seul e Estrasburgo. Todas essas campanhas foram em torneios de nível International, que dão 280 pontos no ranking. Já o Premier de Ostrava dá 470 pontos à dupla campeã.

+ Stefani e Dabrowski batem favoritas e vão à semi
+ Stefani supera a estreia em Ostrava com Dabrowski
+ Stefani faz parceria com top 10 e estreia em Ostrava

Com apenas 23 anos, Luisa Stefani está no 36º lugar do ranking. A campanha até a semifinal rende 185 pontos na WTA, com possibilidade de 305 em caso de mais uma vitória. Como o ranking de duplas considera apenas os 11 melhores resultados, e a WTA está considerando campanhas de março de 2019 a dezembro de 2020, Stefani tem 140 pontos a descartar. Dessa forma, seu avanço por enquanto é mínimo. Mas ela pode se aproximar do top 30 com mais uma vitória e entrar nesse grupo em caso de título.

'Nosso jogo encaixou super bem', diz Stefani

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

... women’s doubles 👀👯‍♀️🙌🏼 @jtbankaostravaopen @wta fun match today w/ @gabydabrowski 🤗 ••• baita jogo hoje... de todas em quadra!! Seguimos, vamosss #areyounotentertained #doitforthedubs #outherejustwatchinggabytakeover #quehonra #segueobaile #semis

Uma publicação compartilhada por Luisa Stefani (@luisastefani) em

"Estamos fazendo um jogo bem limpo da nossa parte, principalmente por ser a primeira vez atuando juntas. Mas foi muito bom, encaixou super bem, nos comunicando bem em quadra e fora também. Temos boa química, adorei a combinação", disse Stefani, a respeito do primeiro torneio com a top 10 canadense. Sua parceira habitual, Hayley Carter, já encerrou a temporada.

A paulistana que treina nos Estados Unidos vem de uma vitória expressiva ao lado de Dabrowski sobre a norte-americana Bethanie Mattek-Sands e a tcheca Barbora Strycova, rivais muitíssimo experientes no circuito. "Foi um baita jogo de duplas, com alto nível de todas as jogadoras, um duelo de xadrez", disse após a vitória por 6/4 e 7/6 (7-4) na última quarta-feira.

"Tivemos que encontrar o que funcionava sempre, jogar o nosso jogo e elas tentavam impôr o ritmo delas. No segundo set todas jogaram super bem. Foi um bom nível de duplas. Estou bem feliz com a vitória e pela maneira como atuamos. Estamos prontas para a próxima rodada, sinto que nosso jogo encaixou bem e que melhoramos algumas coisas em relação à primeira rodada".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva