Notícias | Dia a dia
Becker acusado de não dar troféus para pagar dívidas
22/10/2020 às 11h59

Londres (Inglaterra) - Depois de ver uma decisão judicial permitir que seus credores se apoderassem da coleção de troféus, medalhas, raquetes, relógios e fotografias, que foram parar em leilão para pagar suas dívidas, o alemão Boris Becker agora é acusado de esconder os troféus de Wimbledon e sua medalha de ouro olímpica.

Segundo informa o The Times nesta quinta-feira, o ex-número 1 do mundo é acusado de esconder nove objetos de prata e de fazer transferências bancárias de mais de £ 390 mil (quase R$ 2,9 milhões), incluindo pagamentos para sua esposa e ex-esposa após ter a falência decretada em 2017.

Mais jovem campeão de Wimbledon, vencendo o torneio em 1985 aos 17 anos, o germânico teria ocultado a taça dos vencedores dos campeonatos de 1985 e 1989 no All England Club e também sua medalha de ouro olímpica de 1992.

Além disso, Becker também não teria disponibilizado o troféu da Copa Davis de 1989, um ouro da Copa Davis que ganhou em 1988, a President Cup de 1985 e 1989 e seus troféus do Australian Open em 1991 e 1996. Ele também é acusado de esconder mais de £ 1 milhão (por volta de R$ 7,3 milhões) dos administradores de suas falências.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG