Notícias | Dia a dia
Ex-top 10, Julia Goerges encerra carreira aos 31 anos
21/10/2020 às 14h14

Goerges chegou a ser número 9 do mundo e venceu sete títulos de WTA

Foto: Arquivo

Bad Oldesloe (Alemanha) - A experiente alemã Julia Goerges anunciou nesta quarta-feira o fim de sua carreira profissional no tênis. A jogadora de 31 anos chegou a ser número 9 do mundo em 2018 e atualmente ocupava o 45º lugar do ranking. Ela conquistou sete títulos da WTA, o último em janeiro do ano passado em Auckland.

Goerges conseguiu 479 vitórias e 337 derrotas no circuito profissional e acumulou uma premiação de US$ 9,9 milhões ao longo da carreria. Seu principal resultado em Grand Slam foi a semifinal de Wimbledon em 2018. Finalista em 17 torneios da WTA, venceu dois eventos de nível Premier, o primeiro no saibro de Stuttgart em 2011 e outro em Moscou em 2017. Naquele ano, também ganhou o WTA Elite Trophy, na cidade chinesa de Zhuhai.

Nas duplas, Goerges ganhou cinco títulos e disputou outras 11 finais. Ela também foi finalista de duplas mistas em Roland Garros, ao lado do sérvio Nenad Zimonjic em 2014.

A agora ex-jogadora profissional, Goerges foi uma das oito alemãs a figurar entre as 10 melhores do mundo. E como também esteve na 12ª posição no ranking das duplistas, tornou-se uma das três alemãs a figurar no top 15 dos dois rankigns, juntando-se a Steffi Graf e Claudia Kohde-Kilsch.

A maior série invicta de sua carreira aconteceu entre o fim de 2017 e o início de 2018. Na ocasião, ela foi campeã em Moscou, Zhuhai e Auckland e acumulou 15 vitórias seguidas no circuito.

O anúncio do fim da carreira foi feito no formato de uma carta ao tênis e publicado em suas redes sociais.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ⒿⓊⓁⒺ ✌️🇩🇪 (@julia.goerges) em

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva