Notícias | Dia a dia
Finals pode ser definido só um dia antes do começo
21/10/2020 às 10h19

Schwartzman avisou que jogará Sófia se for necessário para brigar por um lugar no Finals

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Com um calendário bastante modificado por causa da pandemia, o circuito masculino poderá ver a definição dos oito participantes do ATP Finals, torneio que fecha a temporada, apenas um dia antes do início de disputa. Isso porque foi colocado o ATP 250 de Sófia entre o Masters 1000 de Paris e o evento em Londres.

Enquanto a largada do Finals está marcada para o dia 15 de novembro, a final em Sófia irá acontecer no dia 14 de novembro. Com ainda duas vagas abertas para a disputa na Arena O2, a briga pode se estender até as vésperas da competição.

Último na zona de classificação, o argentino Diego Schwartzman tem vantagem mínima para o primeiro fora, o italiano Matteo Berrettini, com somente 105 pontos de diferença. Ele irá jogar na capital da Bulgária se for necessário para garantir sua primeira participação da carreira no Finals.

Com a ausência já garantida do suíço Roger Federer, seis tenistas estão oficialmente classificados para o torneio que reúne os oito melhores da temporada: o sérvio Novak Djokovic, o espanhol Rafael Nadal, o austríaco Dominic Thiem, o grego Stefanos Tsitsipas, o russo Daniil Medvedev e o alemão Alexander Zverev.

O russo Andrey Rublev deu um salto na disputa com a conquista do ATP 500 de São Petersburgo e é o mais bem colocado na briga pelas duas vagas restantes. Além dele, de Schwartzman e Berrettini, ainda sonham com a vaga os espanhóis Roberto Bautista e Pablo Carreño, o francês Gael Monfils, o canadense Denis Shapovalov, o belga David Goffin e o italiano Fabio Fognini.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva