Notícias | Dia a dia
Demoliner fica com vice de duplas em São Petersburgo
18/10/2020 às 09h18

São Petersburgo (Rússia) - O gaúcho Marcelo Demoliner não teve sucesso na busca do quarto e mais importante título de sua carreira profissional. Ele e o holandês Matwe Middelkoop demoraram para entrar em jogo e acabaram batidos na final do ATP 500 de São Petersburgo.

O título ficou com dois jogadores muito experientes, o canhoto austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin. Cabeças 2 da semana, eles venceram Demoliner e seu parceiro holandês Matwe Middelkoop, com parciais de 6/2 e 7/6 (7-4). Os campeões faturaram US$ 35,7 mil e os vices dividirão a metade disso.

Demoliner e Middelkoop somam dois títulos lado a lado, obtidos no ano passado no sintético coberto de Moscou e no saibro de Córdoba em fevereiro, além de uma outra final em Zhuhai. O gaúcho tem mais um troféu de duplas em Antalya, obtido em 2018 com Santiago González.

Aos 31 anos e número 48 do ranking, Demoliner deve ganhar quatro posições na nova lista, ainda distante do seu recorde pessoal, que é o 34º.

Demoliner disputará na próxima semana o ATP 250 da Antuérpia, mas mudará de parceiro e jogará ao lado do sérvio Nikola Cacic, enquanto Middelkoop terá como parceiro o indiano Rohan Bopanna.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva