Notícias | Dia a dia
Wimbledon fará edição de 2021 mesmo sem público
16/10/2020 às 09h03

Londres (Inglaterra) - Cancelado nesta temporada por conta da pandemia de coronavírus mas salvo economicamente por um seguro, o torneio de Wimbledon mudou de postura e garante que realizará a edição de 2021 mesmo que seja sem público.

O novo chefe executivo do All England Club, Sally Bolton, informou nesta sexta-feira que os organizadores trabalham com diferentes possibilidades para retomar o mais tradicional torneio do tênis, que foi interrompido pela primeira vez desde a Segunda Guerra.

Segundo ele, o Club sonha em ter capacidade absoluta para o verão de 2021, mas é um cenário pouco provável, já que Wimbledon costuma reunir quase 40 mil espectadores diariamente. O US Open deste ano foi totalmente fechado ao público, enquanto Roland Garros planejava ter 11.500 mas se contentou com 1.000 por dia.

Andy Murray, duas vezes campeão de Wimbledon, apoia a decisão de realizar o torneio em 2021 se forem seguidas as normas que deram certo nos dois recentes Grand Slam. "Gostaria de ver Wimbledon acontecer, com ou sem público", afirmou ele em Paris. "Os torneios dos quais participei nesta retomada estão bem seguros. Para nós tenistas não é a mesma coisa jogar sem fãs, mas é sempre melhor que os torneios aconteçam".

Wimbledon tem procurado se envolver na crise causada pelo coronavírus e tem distribuído diariamente 200 refeições para pessoas carentes. Também já fez doações de 750 mil libras para entidades filantrópicas locais e doou as 30 mil toalhas confeccionadas para a edição de 2020 para causas humanitárias.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva