Notícias | Dia a dia
Medvedev perde chances e decepciona outra vez
15/10/2020 às 13h49

Opelka obteve a principal vitória de sua carreira ao derrotar o número 6 do ranking

Foto: St. Petersburg Open

São Petersburgo (Rússia) - Mais uma vez, Daniil Medvedev fez uma campanha muito aquém de suas expectativas. Depois de ter sido eliminado ainda na estreia em Roland Garros, o russo parou ainda nas oitavas de final do ATP 500 de São Petersburgo. Principal cabeça de chave e atual campeão do torneio, o número 6 do mundo abriu vantagem mas permitiu a reação do gigante norte-americano Reilly Opelka, que fechou a partida com o placar de 2/6, 7/5 e 6/4.

Depois de uma temporada espetacular em 2019, Medvedev sofre para repetir boas apresentações. Antes da pandemia, fez apenas oitavas no Australian Open. No retorno, caiu nas quartas de Cincinnati e só foi bem mesmo no US Open, onde foi superado na semifinal pelo eventual campeão Dominic Thiem.

No retorno ao saibro europeu, parou nas estreias de Hamburgo e de Roland Garros e agora foi superado dentro de casa. Conseguiu quebrar duas vezes o poderoso saque de Opelka no set inicial e ficou perto da quebra no sétimo game do segundo set.

Perdeu o serviço decisivo e continuou desperdiçando chances na série decisiva, com um total de quatro break-points não confirmados. Por fim, Opelka reagiu num game que estava 30-0 para o cabeça e ganhou quatro pontos seguidos como devolvedor. Frustrado, Medvedev destruiu a raquete.

O adversário do tenista de 2,11m será o croata Borna Coric, que encontrou inesperada resistência no convidado Roman Safiullin antes de enfim se impor e anotar 6/3 e 7/5.

Apesar da queda de Medvedev, o tênis russo terá dois representantes nas quartas de final. O cabeça 3 Andrey Rublev levou um susto antes de virar em cima do canhoto francês Ugo Humbert, parciais de 4/6, 6/4 e 7/5, e enfrentará o britânico Cameron Norrie, outro canhoto.

Um tenista da casa também avançará no duelo direto entre o experiente cabeça 4 Karen Khachanov e o convidado Aslan Karatsev. Quem passar, terá pela frente o canadense Milos Raonic ou o cazaque Alexander Bublik.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva