Notícias | Dia a dia
Ivashka é punido, perde game, se revolta e vence
13/10/2020 às 16h17

São Petersburgo (Rússia) - O clima esquentou nesta terça-feira entre Ilya Ivashka e o árbitro de cadeira. Em partida válida pela primeira rodada do ATP 500 de São Petersburgo, o bielorrusso pediu atendimento médico e durante o processo precisou ir ao banheiro. Ele pediu permissão para sair de quadra ao juiz de cadeira e foi então que começou a confusão.

“Você precisa ser rápido porque está no seu tempo”, advertiu o árbitro antes de Ivashka sair de quadra. Na volta o clima mudou quando o bielorrusso recebeu tripla advertência pela demora, que somadas levaram o atleta a perder seu game de saque, algo que o deixou revoltado.

Ivashka começou argumentando que era uma emergência. “Você queria que eu ficasse em quadra e fizesse tudo lá dentro? Eu poderia fazer isso”, afirmou o bielorrusso. Logo em seguida, o árbitro de cadeira argumentou que estava cumprindo as regras e que por causa do tempo que gastou no banheiro iria acumular as três advertências.

Ao anunciar a punição para o bielorrusso, veio a revolta completa e o grito de Ivashka. “Isso não é normal, como pode ser possível? Isso não é possível, isso não é possível!”, se rebelou o atual 141 do mundo, que entrara na chave principal do torneio através do qualificatório.

Mesmo com todo esse rebuliço, o bielorrusso conseguiu triunfar em sets diretos. Ivashka canalizou sua revolta para dentro de quadra e devolveu o break que acabara de sofrer com a perda do game logo em seguida e fechou a partida no tiebreak, marcando parciais de 6/3 e 7/6 (8-6) sobre Adrian Mannarino. Seu próximo adversário sai do duelo entre Viktor Troicki e Denis Shapovalov.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva