Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Soares volta ao top 10 de duplas, Melo cai para 12º
12/10/2020 às 14h22

Ex-número 2 do mundo, Soares não aparecia no top 10 desde agosto de 2019

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Vice-campeão de duplas masculinas em Roland Garros, Bruno Soares voltou ao grupo dos dez melhores do mundo no ranking de especialistas na modalidade. O veterano de 38 anos ganhou 12 posições com os 1.200 pontos e agora é o número 6 do mundo. Ex-número 2 do mundo, Soares não aparecia no top 10 desde agosto de 2019. Seu parceiro, o croata Mate Pavic, ultrapassou seis concorrentes e ocupa o quinto lugar.

Curiosamente, Soares fez mais pontos no ranking com o vice-campeonato em Roland Garros que no recente título do US Open. Isso porque o Grand Slam norte-americano reduziu pela metade o número de jogadores na chave de duplas, em função da pandemia da Covid-19, e decidiu também reduzir a pontuação para mil pontos.

Por outro lado, Marcelo Melo acabou caindo no ranking. Superados ainda na segunda rodada em Roland Garros, Melo e o polonês Lukasz Kubot perderam três posições cada um e dividem o 12º lugar entre os especialistas na modalidade. Além dos mineiros Soares e Melo, o top 100 tem mais um brasileiro, o gaúcho Marcelo Demoliner, que permanece no 48º lugar.

Bicampeões em Roland Garros, os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies mantiveram os 2 mil pontos do ano passado, mas mesmo assim perderam duas posições cada um. Krawietz agora é o 18º colocado, enquanto Mies é o 19º.

O número 1 de duplas segue sendo o colombiano Robert Farah, com 8.380 pontos. Seu parceiro, Juan Sebastian Cabal, está em segundo com a mesma pontuação, mas tendo disputado um torneio a mais. O terceiro colocado também é sul-americano, o argentino Horacio Zeballos, seguido pelo francês Nicolas Mahut.

Comentários