Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Campeã de RG, Swiatek exibe seu troféu em Paris
11/10/2020 às 18h50

Depois de jogar de branco durante o torneio, polonesa escolheu um vestido bem colorido para exibir o troféu

Foto: Corinne Dubreuil/FFT

Paris (França) - Um dia depois de vencer seu primeiro título de Grand Slam em Roland Garros, Iga Swiatek participou da tradicional sessão de fotos com o troféu, promovida pela organização do torneio. Depois de jogar de branco durante todo o torneio, a polonesa de 19 anos escolheu um vestido bem colorido para celebrar a conquista.

"No momento, ainda estou muito feliz e meio chocada. Terei muitas responsabilidades, que serão novas para mim. É uma experiência nova, ainda tenho algumas coisas para aprender. Mas agora só vou aproveitar o momento", disse Swiatek, que começou o torneio como 53ª do ranking e entrará no top 20 depois de Roland Garros.

+ Rock clássico e mente sã: Conheça Iga Swiatek
+ Swiatek brilha de novo e conquista Roland Garros
+ Swiatek diz que vai lidar bem com maior exposição

Desde que foi campeã, a jovem recebeu mensagens de lendas do tênis como Billie Jean King e Rod Laver, de estrelas em atividade como Novak Djokovic e sua grande amiga Naomi Osaka e do principal jogador de futebol do país Robert Lewandowski. "Ainda não me sinto uma celebridade. É uma verdadeira honra para mim receber mensagens de pessoas assim. Significa muito".

Swiatek é a primeira jogadora polonesa a ganhar um título de Grand Slam em simples e agradeceu pelas mensagens de apoio que recebeu de seu próprio país. "Sinto que a Polônia, o meu país, me apoiou durante todo o torneio. Eles acreditaram em mim. Sou muito grata por tudo, pelos fãs e pelo apoio de todas essas pessoas".

Perguntada sobre quando sentiu que teria chances reais de ser campeã, a polonesa destacou a vitória sobre a número 2 do mundo Simona Halep nas oitavas. "Acho que vencer a Halep foi a partida mais marcante, obviamente junto com a final e a cerimônia de premiação. Acho que também nas quartas de final, porque foi quando eu finalmente percebi que poderia jogar meu melhor tênis, mesmo sob pressão".

"Durante todo o torneio, fiz um grande progresso e fui ganhando mais confiança a cada partida. No final, senti que poderia vencer qualquer uma. Foi uma experiência tão incrível para mim".

Comentários