Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Babos e Mladenovic conquistam o 4º Slam juntas
11/10/2020 às 09h08

Babos e Mladenovic defenderam o título em Roland Garros

Foto: Pauline Ballet/FFT

Paris (França) - Assim como havia acontecido no ano passado, a húngara Timea Babos e a francesa Kristina Mladenovic conquistaram o título de duplas femininas em Roland Garros. Babos e Mladenovic venceram neste domingo a final contra a chilena Alexa Guarachi e a norte-americana Desirae Krawczyk por 6/4 e 7/5 em 1h33 de partida.

Este é o quarto Grand Slam que Babos e Mladenovic vencem juntas. Além das duas conquistas em Paris, elas também venceram duas vezes o Australian Open, em 2018 e também neste ano. A francesa também foi campeã de Roland Garros em 2016, jogando ao lado da compatriota Caroline Garcia.

Com três conquistas em Paris, Mladenovic está cada vez mais perto do recorde para o tênis francês. Na Era Aberta, apenas uma jogadora tem mais títulos de Roland Garros que ela, a tetracampeã Françoise Dürr. A jogadora de 27 anos também já igualou os três títulos de Gail Chanfreau. Nenhum outro tenista francês, entre homens e mulheres, tem mais conquistas que elas.

Tanto Babos quanto Mladenovic têm a mesma idade e ambas já tiveram a oportunidade de liderar o ranking das especialistas da modalidade em diferentes momentos. Atualmente, a francesa é a número 3 do mundo e a húngara ocupa o quarto lugar. Elas vão manter os 2 mil pontos no ranking e dividem uma premiação de 319.652 euros.

Chilena superou grave lesão
Alexa Guarachi está com 29 anos e ocupa o 45º lugar do ranking. Já sua parceira, Desirae Krawczyk tem 26 anos e está na 38ª posição. Elas vão receber 188 mil euros e 1.300 pontos no ranking da WTA. Ambas debutarão no top 30. A parceria tem dois títulos de WTA, conquistados no saibro de Gstaad em 2018 e de Istambul este ano.

A dupla vem do circuito universitário norte-americano. Guarachi já sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado anterior há cinco anos, quando cogitava encerrar a carreira no tênis profissional. A chilena e a norte-americana protagonizaram uma das surpresas do torneio, ao vencerem a tcheca Barbora Strycova e a taiwanesa Su-Wei Hsieh, líderes do ranking mundial, nas oitavas em Paris.

Comentários