Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Kenin vai à semi e garante raro duelo de favoritas
07/10/2020 às 12h02

Duelo entre Kenin e Kvitova na semi será apenas o quarto entre cabeças de chave

Foto: WTA

Paris (França) - Marcada por um grande número de surpresas, a chave feminina de Roland Garros verá um raro duelo de favoritas nas semifinais. Depois da classificação da tcheca Petra Kvitova, foi a vez da norte-americana Sofia Kenin se confirmar na penúltima rodada do torneio, batendo a compatriota Danielle Collins por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/0.

Únicas cabeças de chave ainda vivas no torneio, Kenin e Kvitova se enfrentarão pela terceira vez e a tcheca tentará manter a invencibilidade, já que venceu os dois duelos anteriores, o primeiro deles no piso duro de Miami, em 2018, e o mais recente no ano passado no saibro de Madri.

O confronto de campeãs de Slam que valerá um lugar na final será apenas o quarto entre favoritas em toda a chave feminina. Até então foram somente três os duelos assim, todos eles pela terceira fase. Figuram na lista os embates entre Simona Halep (1ª favorita) e Amanda Anisimova (25ª), entre Elina Svitolina (3ª) e Ekaterina Alexandrova (27ª) e entre Aryna Sabalenka (8ª) e Ons Jabeur(30ª).

Kenin começou mais firme no primeiro set e pressionou bastante o saque da compatriota, que salvou um break-point no terceiro game, outro no sétimo, mas no quinto não resistiu a um 0-40 e levou a quebra que definiu a parcial. Collins cresceu na virada de sets, igualou o jogo e começou a ter suas chances.

Depois de salvar um break-point logo no primeiro game do segundo set, ela teve dois a seu favor na sequência, mas não os aproveitou. Após uma troca de quebras entre o quinto e o sexto game, a definição veio no décimo e último, quando Collins teve quatro set-points no serviço da atual campeã do Australian Open e concretizou o último deles.

No terceiro e decisivo set Collins sentiu o físico e chegou a ser atendida fora de quadra. Ela diminuiu o ritmo e foi dominada por Kenin, que perdeu apenas 10 pontos na parcial, anotou três quebras seguidas e selou sua vitória com direito a ‘pneu’ para cima da compatriota.

Comentários