Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Halep e Bertens são surpreendidas e caem nas oitavas
04/10/2020 às 08h11

Swiatek devolveu a derrota sofrida em Paris no ano passado, também pelas oitavas de final

Foto: Nicolas Gouhier/FFT

Paris (França) - A zebra passeou nas primeiras partidas das oitavas de final da chave feminina de Roland Garros. Logo na abertura do domingo, duas favoritas se despediram do torneio, a principal delas a romena Simona Halep, cabeça de chave 1 e campeã do torneio dois anos atrás, que foi surpreendida pela jovem polonesa Iga Swiatek e caiu com arrasadores 6/1 e 6/2.

Algoz da polonesa de 19 anos na temporada passada em Paris, justamente nas oitavas, Halep desta vez levou o troco. Se em 2019 ela perdeu apenas um game para Swiatek, desta vez a romena foi dominada pela rival e só venceu três.

Swiatek fez sua agressividade prevalecer contra o jogo mais de consistência de Halep e apesar de terminar o duelo com cinco erros não forçados a mais (20 a 15), compensou anotando 18 bolas vencedoras a mais (30 a 12). A jovem polonesa dominou com o saque, vencendo 76% os pontos e não encarando sequer um break-point contra.

Nas devoluções, ela também incomodou bastante e terminou com 51% de aproveitamento, além de conseguir quatro quebras em 14 oportunidades. Por fim, Swiatek mostrou-se confortável junto à rede, vencendo oito dos nove pontos em que subiu para matar (89%) contra apenas três em seis de Halep (50%).

Classificada para as quartas pela primeira vez em um Grand Slam, a atual 53 do mundo tem chave aberta e sonha com uma vaga na semifinal. Isso porque a quinta pré-classificada Kiki Bertens também foi eliminada da competição neste domingo, em mais um resultado inesperado, derrotada pela italiana Martina Trevisan com duplo 6/4.

Atual 159 do mundo, a italiana de 26 anos abriu vantagem no começo dos dois sets, mas viu Bertens reagir no decorrer das disputas e só garantiu as parciais na reta final. Trevisan dará um salto de mais de 70 colocações com a campanha até então e entrará pela primeira vez no top 100, subindo provisoriamente para o 82º posto até então.

Comentários