Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Sinto que posso ir ainda mais longe', diz Monteiro
01/10/2020 às 14h24

Monteiro faz o melhor resultado brasileiro em Grand Slam nos últimos cinco anos

Foto: Divulgação

Paris (França) - Classificado para a terceira rodada de Roland Garros, Thiago Monteiro faz o melhor resultado da carreira em um Grand Slam. Depois de ter superado o cabeça 31 Nikoloz Basilashvili na estreia, Monteiro confirmou o favoritismo no duelo contra o norte-americano Marcos Giron nesta quinta-feira. O cearense de 26 anos ainda não perdeu sets no torneio e garante que pode ter um resultado ainda melhor em Paris.

Número 1 do Brasil e atual 84º do ranking, Monteiro tem o melhor resultado do país em Grand Slam desde o US Open de 2015 e o melhor em Roland Garros desde 2011. As duas marcas pertencem a Thomaz Bellucci. O último atleta nacional a chegar às oitavas de final de simples em um Slam também foi Bellucci, no saibro francês em 2010.

+ Monteiro vence e encerra jejum brasileiro nos Slam
+ 'Consegui jogar com autoridade', vibra Monteiro
+ Monteiro elimina 33º do mundo e tem chave aberta

"Roland Garros é um Grand Slam muito especial, ainda mais pela história que o Brasil tem aqui, com os títulos do Guga e do Marcelo Melo. Estou muito feliz em chegar numa terceira rodada de Grand Slam pela primeira vez. Sinto que estou jogando muito bem e que posso ir ainda mais longe", disse Monteiro, após sua segunda vitória em Paris.

O cearense comemorou o desempenho na vitória sobre Giron por 7/6 (7-5), 6/4 e 6/1. "Foi uma partida muito boa, muito firme. O Giron mudou a sua forma de jogar, ficou mais atrás e usou bolas mais altas", avaliou o canhoto de Fortaleza. "Tive que me manter bem mentalmente nos momentos difíceis. Consegui ficar mais agressivo com o decorrer da partida, finalizando pontos na rede e também sacando muito firme. Com certeza a consistência foi a chave para ganhar".

Monteiro agora enfrenta o húngaro de 28 anos Marton Fucsovics, 63º do ranking. O único duelo anterior foi vencido por Fucsovics, no saibro de Munique em 2019. "Vai ser um jogo duro contra o Fucsovics, que é um cara muito completo e que vem jogando muito bem também, mas estou confiante".

Comentários