Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Pliskova leva susto, vira e vai enfrentar Ostapenko
29/09/2020 às 09h39

Pliskova se recuperou após perder o primeiro set no tiebreak

Foto: Julien Crosnier/FFT

Paris (França) - Roland Garros começou com susto para a tcheca Karolina Pliskova, que embora seja a segunda pré-classificada, levou um susto na estreia e saiu atrás da egípcia Mayar Sherif. Porém, a ex-número 1 do mundo se recuperou após perder o primeiro set no tiebreak e venceu de virada, anotando parciais de 6/7 (9-11), 6/2 e 6/4.

O próximo obstáculo no caminho de Pliskova promete ser ainda mais duro, uma vez que ela cruzará com a campeã de 2017, a letã Jelena Ostapenko, que deu sinais de força em sua primeira partida na edição deste ano, passando sem sustos pela norte-americana Madison Brengle com placar final de 6/2 e 6/1, anotado em apenas 62 minutos.

Pliskova e Ostapenko já se enfrentaram cinco vezes no circuito, com três vitórias da tcheca e duas da letã, que embora já tenha um título de Roland Garros no currículo levou a pior na única vez que se cruzaram no saibro. O solitário duelo aconteceu dois anos atrás em Stuttgart e terminou com o triunfo de Pliskova de virada.

Semifinalista do US Open cai na estreia

Uma das principais surpresas no US Open, a norte-americana Jennifer Brady não conseguiu nem de perto repetir o desempenho no saibro francês. A atual 25 do mundo foi derrotada logo na estreia, superada pela quali dinamarquesa Clara Tauson, de apenas 17 anos, em três sets, com 6/4, 3/6 e 9/7.

Após eliminar a cabeça de chave 21, Tauson enfrentará mais uma norte-americana, desta vez Danielle Collins, que conseguiu mais uma virada nesta terça-feira, batendo a romena Monica Niculescu, outra jogadora vinda do classificatório, com o placar final de 2/6, 6/2 e 6/1.

Comentários