Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Khachanov: 'Mais duro para Nadal do que para Djoko'
29/09/2020 às 07h55

Paris (França) - A mudança de data de Roland Garros fez com que o clima em que o torneio é disputado mudasse bastante, com dias muito mais frios e úmidos. Além disso, a troca da marca de bolas deixou o jogo ainda mais lento, o que para o russo Karen Khachanov pode dificultar mais para o espanhol Rafael Nadal do que para o sérvio Novak Djokovic.

Depois de superar a estreia em Paris, batendo o polonês Kamil Majchrzak em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-3), 6/3 e 6/3, o russo analisou a situação. “As condições estão muito lentas, com uma bola muito grande e pesada que não admite muitos efeitos. É difícil ir para as bolas vencedoras, somos obrigados a construir mais os pontos”, observou Khachanov.

“Todos temos que nos ajustar a isso. Serão partidas mais físicas do que o normal. Nos anos anteriores já tivemos dias como este, com chuva e umidade, dias em que as condições serão mais duras para Nadal do que para Djokovic”, acrescentou o tenista de 24 anos e atual 16 do mundo, que na próxima rodada irá enfrentar o tcheco Jiri Vesely.

Comentários