Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal começa bem na busca por recordes em RG
28/09/2020 às 14h33

Paris (França) - Maior vencedor da história em Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal iniciou sua campanha na edição de 2020 do torneio com uma firme vitória sobre o bielorrusso Egor Gerasimov, de 27 anos e atual 83 do mundo. O canhoto de Mallorca levou 2h05 para superar seu primeiro obstáculo no saibro parisiense, triunfando em sets diretos, com o placar final de 6/4, 6/4 e 6/2.

O próximo desafio no caminho do cabeça de chave número 2 será o norte-americano Mackenzie McDonald, que perdeu o primeiro set para o canadense Steven Diez, vindo do qualificatório, mas depois venceu os três seguintes e fechou o jogo com parciais de 4/6, 6/3, 6/3 e 6/4.

Nadal entra no torneio de olho em duas marcas, a principal delas o recorde de Grand Slam entre os homens que pertence ao suíço Roger Federer e suas 20 taças. Atualmente com uma a menos, o espanhol poderá empatar com o rival se faturar Roland Garros pela 13ª vez. Isso também o faria superar o recorde de conquistas em um único evento, em que está empatado com Martina Navratilova.

A tcheca naturalizada norte-americana tem 12 títulos no torneio de Chicago, marca igual à atual de Nadal no Slam francês. Além desses recordes, o espanhol também pode sair de Paris com seu 60º título no saibro, ampliando sua liderança neste quesito. O segundo maior campeão na terra batida é o argentino Guillermo Villas, que encerrou a carreira com 49 conquistas.

Fazendo sua estreia no torneio, Gerasimov até que conseguiu se segurar bem nos primeiros games da partida, confirmou seus dois primeiros serviços sem sustos e chegou empatado no quinto game. Foi então que bastou um vacilo do bielorrusso para encarar um 30-40 com o serviço e ser quebrado na primeira chance que deu a Nadal. Depois disso, o espanhol apenas administrou a vantagem.

Na segunda parcial, o canhoto de Mallorca tratou de tomar as rédeas do placar bem mais cedo e já no terceiro game obteve uma quebra. Gerasimov se manteve firme e não deixou Nadal deslanchar, mas também não conseguiu fazer frente e tentar uma reação, terminando com o espanhol ampliando o placar para 2 sets a 0.

O bielorrusso tratou de dar um susto em Rafa no terceiro set, abrindo 2/0 e saque. Só que logo após obter a vantagem, o atual 83 do mundo foi quebrado de volta e não incomodou mais. O espanhol venceu todos os games seguintes e chegou à 993ª vitória da carreira e à 94ª em Roland Garros. Se for campeão ele alcançará 100 triunfos em Paris e ficará a 1 do milésimo na carreira.

Comentários