Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Melo, Soares e Demoliner ficam distantes na chave
27/09/2020 às 12h56

Paris (França) - As chaves de duplas de Roland foram sorteadas neste domingo, com a paulista Luisa Stefani como única representante do país entre as mulheres. Entre os homens serão três os brasileiros em ação, o gaúcho Marcelo Demoliner e os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares. Os três acabaram caindo bem distantes um do outro e só podem se cruzar na reta final.

Cabeças de chave número 4, Melo e o parceiro Lukasz Kubot ficaram na metade de baixo da tabela, abrindo campanha contra os convidados da casa Arthur Cazaux e Harold Mayot, ambos de apenas 18 anos. O mineiro e o polonês só devem ver as coisas se complicarem a partir das oitavas, quando podem cruzar com o norte-americano Austin Krajicek e o croata Franko Skugor.

Se chegar nas quartas, a dupla mineiro-croata tem como possíveis rivais duplas bastante fortes, como a dos franceses Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert, a parceria do norte-americano Jack Sock e do canadense Vasek Pospisil e os nonos favoritos Wesley Koolhof e Nikola Mektic.

Demoliner também está na parte de baixo da chave e pode cruzar com Melo apenas na semi. O gaúcho e o holandês Matwe Middelkoop pegam na primeira rodada o britânico Daniel Evans e o polonês Hubert Kurkacz de têm um cruzamento duríssimo em seguida, provavelmente contra os cabeças de chave 2 Marcel Granollers e Horacio Zeballos.

Na metade de cima Soares é o único brasileiro e só cruzará com um compatriota apenas em eventual final. Ele e o croata Mate Pavic, com quem conquistou o US Open, estreiam diante do neozelandês Marcus Daniell e do austríaco Philipp Oswald.

Sétimos pré-classificados, o mineiro e o croata podem rever os belgas Sander Gille e Joran Vliegen na segunda rodada e nas oitavas têm boas chances e medir forças com o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau. Nas quartas os principais rivais devem ser o britânico Joe Salisbury e o norte-americano Rajeev Ram, terceiros favoritos.

Caso alcancem as semifinais, Soares e Pavic devem encarar os colombianos Juan Sebastian cabal e Robert Farah, cabeças de chave número 1. Outros que podem pintar são Jurgen Melzer/Edouard Roger-Vasselin, John Peers/Michael Venus e Ivan Dodig/Filip Posalsek.

Comentários