Notícias | Dia a dia
Tsitsipas e Rublev fazem jovem final em Hamburgo
26/09/2020 às 13h23

Rublev é o segundo tenista com mais vitórias em 2020 e vai em busca do terceiro título do ano

Foto: Arquivo

Hamburgo (Alemanha) - Dois jogadores de apenas 22 anos, mas que já se colocam entre os 15 melhores do mundo, irão decidir neste domingo o ATP 500 de Hamburgo. O grego Stefanos Tsitsipas perdeu seu primeiro set da semana no saibro alemão antes de bater o chileno Cristian Garin, por 7/5, 3/6 e 6/4, enquanto o russo Andrey Rublev repete a final do ano passado depois de tirar o norueguês Casper Ruud, outro de 22 anos, por 6/4 e 6/2.

Rublev foi o primeiro a entrar em quadra no frio começo de tarde de Hamburgo e melhorou seu notável recorde em semifinais de nível ATP para oito em nove tentativas. Ele vem fazendo uma grande temporada, tendo conquistado os títulos de Adelaide e Doha - tem quatro no geral -, além de avançar às quartas do US Open.

O russo também é o segundo jogador mais vitorioso da temporada, com 24 triunfos em 30 jogos, atrás somente das 31 em 32 de Novak Djokovic. Ele está no 14º posto do ranking e pode retornar ao 12º lugar que ocupou há poucas semanas em caso de título neste domingo.

O grego teve altos e baixos contra Garin, anotando 12 aces e totalizando 36 winners e 28 erros. Destaque para os pontos vencidos quando precisou do segundo saque, com 61%. Garin perdeu seu recorde perfeito em semifinais de ATP, que era de 5 a 0, todas sobre o saibro.

Número 6 do ranking, posição que não pode ser alterada mesmo em caso de título, Tsitsipas já ganhou Marselha e foi à final de Dubai em 2020. No geral, soma cinco títulos.

Rublev leva pequena vantagem nos confrontos diretos, tendo vencido num challenger de 2017 e no US Open do ano passado, mas perdido nas regras excepcionais do Next Gen Finals em 2018. Todos foram na quadra sintética.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva