Notícias | Dia a dia
Stefani fica com o vice nas duplas de Estrasburgo
26/09/2020 às 11h00

Stefani e Carter tiveram boas vitórias no saibro europeu e agora encaram Roland Garros

Foto: Arquivo

Estrasburgo (França) - Mais uma vez Nicole Melichar estragou a festa da paulista Luísa Stefani. Assim como aconteceu no US Open, semanas atrás, a excelente duplista norte-americana mostrou qualidades e, ao lado agora da holandesa Demi Shcuurs, justificou o favoritismo do WTA de Estrasburgo. Elas derrotaram Stefani e sua parceria Hayley Carter por 6/4 e 6/3.

Stefani buscava neste sábado seu terceiro título na elite do circuito profissional, depois de terem sido campeãs em setembro do ano passado em Tashkent e poucas semanas atrás em Lexington. Elas também disputaram uma final em Seul em 2019.

Na final deste sábado, que foi deslocada para o segundo estádio devido ao atraso da decisão de simples, a devolução de melhor qualidade de Melichar e Schuurs fez a diferença. O primeiro set foi equilibrado, com a dupla de Stefani obtendo duas quebras, mas por seu lado perderam três serviços, com aproveitamento inferior quando tiveram de jogar com o segundo saque (33% dos pontos).

No segundo set, Melichar e Schuurs deram mínimas oportunidades e sequer enfrentaram break-points, obtendo a única quebra no sexto game, o que foi suficiente para garantir o troféu.

A campanha em Estrasburgo rendeu 180 pontos no ranking da WTA, o que deixa Stefani cada vez mais perto de entrar no top 30. Na última segunda-feira, ela atingiu o melhor ranking da carreira, com o 33º lugar.

Na lista da próxima segunda-feira, a brasileira deverá subir um posto e ficar imediatamente atrás da própria parceira. Para atingir o top 30, faltam 230 pontos, o que poderá acontecer mediante uma campanha muito boa em Roland Garros.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva